Submissões Recentes

Item
“O profeta vascaíno”: a ascensão política de Eurico Miranda no Club de Regatas Vasco da Gama (1986-2001)
(2024-02-08) Marcolan, Letícia
A pesquisa tem como objetivo central investigar a ascensão política de Eurico Miranda no Club de Regatas Vasco da Gama sob o prisma do “estilo dirigencial” vascaíno. Para isso, em primeiro lugar, é preciso compreender as representações sociais que compõem a identidade clubística vascaína, o vascainismo. Chamei tal fenômeno de “narrativa da resistência”, uma vez que prescreve a ideia de que o Cruzmaltino, supostamente desde a sua fundação, é o clube que luta “contra tudo e contra todos”, especialmente no período analisado por essa dissertação. Posteriormente, tratei da persona do dirigente esportivo, tendo como referência a díade Antônio Soares Calçada - Eurico Miranda. Reconheço que, em certos momentos, seus estilos de liderança se complementam, mas, acima de tudo, observo que eles se opunham. Por fim, examino a primeira eleição de Eurico Miranda no Club de Regatas Vasco da Gama, ocorrida em 2001, sustentada por episódios que evidenciam a incorporação e, consequentemente, a reconfiguração da identidade de resistência vascaína por parte de Eurico.
Item
Estratégias de transformação digital na indústria automotiva: evolução das capacidades e ativos digitais na indústria automotiva
(2023-10-03) Sosa, Ricardo David
A transformação digital representa desafios consideráveis para as organizações industriais tradicionais, como as montadoras de veículos. Estudos precedentes contribuíram para definir os principais elementos e dimensões para desenhar uma estratégia de transformação digital, mas ainda carecem de mais evidência de como se avaliar o processo de transformação em andamento. O presente estudo de caso incorpora a dimensão de ativos digitais como complemento aos fatores estratégicos e organizacionais para se mensurar o sucesso das iniciativas de transformação digital na indústria automotiva. Os resultados indicam que competências gerenciais e operacionais são mais importantes que as capacidades tecnológicas e que os ativos digitais fornecem informação importante sobre as capacidades da organização para executar e avaliar a estratégia de transformação digital.
Item
Análise estratégica da aplicação dos recursos do FCO: perspectivas e impactos
(0030-01-24) Santiago, Douglas Antonio de Morais
Este estudo investiga o impacto e a distribuição dos recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) no período de 2012 a 2022. Utiliza uma metodologia qualitativa e exploratória, analisando legislação, relatórios e dados do Banco do Brasil, bem como bases do governo federal. A pesquisa revela uma tendência do FCO em favorecer áreas de maior renda, sugerindo a necessidade de uma redistribuição mais equitativa para promover um desenvolvimento mais inclusivo. O estudo enfrentou desafios na montagem de bases de dados devido à escassez de informações consolidadas. Contribui preenchendo lacunas acadêmicas sobre políticas de desenvolvimento regional no Brasil, destacando a importância de estratégias de alocação de recursos mais equilibradas.
Item
Nada será como antes: a ascensão institucional e política do TCU entre os impeachments de Fernando Collor e de Dilma Rousseff
(2024-02-02) Almeida, João Victor Villaverde de
Dois eventos políticos idênticos em sua forma e em seu resultado de abalo: o afastamento, por impeachment, do presidente da República eleito em voto direto. O Tribunal de Contas da União (TCU), no entanto, teve papel completamente distinto entre um episódio e outro. Irrelevante para explicar o impeachment de Fernando Collor, em 1992, o TCU foi peça-chave para determinar o afastamento de Dilma Rousseff, em 2015-2016. A presente tese busca investigar a evolução institucional do TCU entre esses dois marcos temporais, que balizam duas conjunturas críticas. Por meio de entrevistas conduzidas com protagonistas nos dois impeachments – lideranças dos três maiores partidos políticos do Brasil (MDB, PT e PSDB) e das duas maiores centrais sindicais (CUT e Força Sindical) – e da análise documental de leis e ações práticas do TCU no período, a tese indica um efeito substituição entre os atores sociais e políticos, protagonistas em 1992, por instituições constitucionais de controle externo da administração pública, que lideraram 2015-2016.
Item
Privatização de Companhia Estadual de Saneamento: a experiência única do Tocantins lições para novos arranjos com a iniciativa privada
(FGV CERI) Soares, Raquel; Altafin, Irene; Duclos, Maria Teresa; Dias, Samuel Arthur Brandão
O setor de saneamento básico é a área de infraestrutura que apresenta maior déficit de atendimento no Brasil. Uma década da Lei Nacional de Saneamento Básico (11.455/2007) e de expressivo aumento na oferta de recursos federais para financiamento de obras de saneamento, via PAC Saneamento, não foi suficiente para nos aproximar efetivamente da universalização do acesso aos serviços. Atualmente, 49,7% da população não está conectada à rede coletora de esgoto e apenas 42,7% do esgoto produzido no país é tratado. O quadro alarmante da prestação dos serviços de saneamento, sob responsabilidade de grandes Companhias Estatuais de Saneamento Básico (CESBs) em mais de 70% dos municípios, é reflexo, entre outros fatores, da falta de autonomia política e capacidade gerencial da grade maioria dos prestadores públicos. O presente estudo está organizado da seguinte forma: a primeira seção discorre brevemente sobre as possibilidades de arranjos público-privados no setor de saneamento no Brasil. Em seguida, são relatados os aspectos principais do setor de saneamento no estado do Tocantins e do processo de privatização da Companhia Estadual de Saneamento Básico. Na terceira seção, é destacado o papel da regulação dos serviços de saneamento no caso. Na quarta seção, são apresentadas as lições extraídas dessa experiência, e na quinta, os desdobramentos dessas lições na conjuntura atual do setor de saneamento básico no Brasil.