Implicações sobre a saúde mental de Residentes Médicos no enfrentamento da Pandemia da Covid-19

Data
2022-08-16
Orientador(res)
Fontoura, Yuna Souza dos Reis da
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Objetivo – Analisar as consequências do enfrentamento da pandemia da Covid-19 sobre a Saúde mental de residentes médicos. Metodologia – Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa, que, sumariamente, desenvolveu-se por meio de coleta de dados com a utilização de um questionário. O tratamento dos dados se deu por meio da análise de conteúdo. Resultados – Identificou-se que as principais implicações sobre a saúde mental dos participantes foram: esgotamento emocional e físico (83%), episódios de ansiedade (75%), desânimo (75%) e dificuldade de concentração (67%). Ainda, 90,90% dos participantes relataram consequências sobre a execução de atividades como residente, tais como, ineficiência no atendimento à população, afastamento das atividades laborais com consequente comprometimento do processo formativo. Limitações: Em relação às limitações do método, é importante ressaltar que há fragilidades frente a coleta de dados, uma vez que as informações prestadas foram resgatadas a partir da memória dos participantes da pesquisa, que apontaram situações vividas em um passado recente, ou seja, aproximadamente 2 anos, mas suficiente para gerar incompletos. Ainda, cabe ressaltar que a escolha do instrumento de coleta de dados do tipo questionário se deu em função da facilidade de acesso aos participantes e uma melhor otimização de tempo e espaço, a fim de se garantir agilidade na obtenção dos dados, considerando que a população estudada possui carga horária de trabalho semanal intensa. Contribuições práticas: O estudo contribuiu de modo prático na medida em que, os resultados alcançados apontaram para a necessidade de aprimoramento da matriz curricular dos cursos de formação médica quanto ao preparo dos profissionais em saber como lidar em situações de catástrofes e crises sanitárias, a fim de que a saúde mental dos mesmos seja preservada nesses tipos de cenários. Contribuições sociais: Os resultados desta pesquisa tiveram contribuições sociais voltadas para incentivar ações de modificações na realidade da saúde mental de residentes médicos atuantes em situações de emergência em saúde pública de importância nacional e internacional – tais como situações de pandemias -, com vistas a descobertas de soluções para casos gerais e/ou particulares, maximizando dessa forma, o atendimento ao usuário do sistema de saúde frente a cenários descritos. Originalidade: Por se tratar de cenário de crise sanitária global recente e de seu desdobramento sobre a saúde mental de profissionais de saúde, a pesquisa evidenciou que são poucos os estudos dentro dessa temática. O estudo é original na medida em que o mesmo analisou uma população específica que atuou no âmbito da pandemia da Covid-19, que são médicos que cursam programas de residência.


Descrição