O comandante em marcha: Amaral Peixoto e a indústria fluminense

Data
2021-11-03
Orientador(res)
Freire, Américo Oscar Guichard
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

A presente tese examina a teia de elementos relacionados à indústria fluminense durante as administrações do Comandante Ernani do Amaral Peixoto (1937-1945 / 1951-1955) e as políticas adotadas para o setor no referido período. O estudo aponta para as múltiplas articulações recíprocas entre políticos, empresários de diferentes setores, banqueiros, empreiteiros, engenheiros e fazendeiros, além de associar injunções políticas, econômicas, relações sociais, a máquina administrativa e o auxílio da diplomacia brasileira. Considerando que o grupo liderado pelo Comandante esmerou-se pela modernização produtiva e dialogou com múltiplas forças político-econômicas, buscamos desvendar o papel daqueles dirigentes na implantação e desenvolvimento do parque industrial fluminense. Apesar disso, o personagem em tela não aparece como objeto central na literatura da indústria da região. Assim, nos limites deste estudo, a presente tese objetiva debater os governos Amaral Peixoto e a atividade industrial do Estado do Rio de Janeiro de modo a contribuir para o preenchimento da lacuna verificada na historiografia da indústria fluminense.


Descrição