As ideias de volta ao lugar: o liberalismo social encontra o outro Ocidente na obra de José Guilherme Merquior

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2016-10
Orientador(res)
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Este trabalho tem como objetivo avaliar a proposta de Merquior a respeito do liberalismo social como uma ideia adequada à realidade política e social brasileira. Tal proposta ideológica somente adquire sentido prático na medida em que se compreende o Brasil como parte, mesmo que qualificada, do mundo ocidental. Partir desse pressuposto tornase particularmente sensível num momento histórico em que, sobretudo no mainstream intelectual anglo-saxão, tornou-se comum assumir a América Latina como parte de uma matriz cultural diferente – ou até mesmo oposta – daquela que animava o Ocidente. Assumindo-se que nossa cultura política não é excepcional, Merquior transforma o liberalismo em que acredita e que defende, de uma potencial ideologia de “segundo grau” (termo utilizado por Roberto Schwarz para descrever este mesmo liberalismo no contexto do Brasil dos oitocentos), à saída mais adequada para a crise brasileira. Se nosso país pertence ao Ocidente, e se não há incompatibilidade a priori entre o liberalismo e nossa cultura política, Merquior abre espaços importantes para, de um teórico dos liberalismos, passar a espectador engajado.


Descrição
Área do Conhecimento