A dinâmica entre raízes e asas: um estudo sobre organizações inovadoras

dc.contributor.advisorVasconcellos, Marcos Augusto de
dc.contributor.authorAguiar, Silvana Marques dos Santos Pereira de
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EAESPpor
dc.date.accessioned2010-04-20T20:48:37Z
dc.date.available2010-04-20T20:48:37Z
dc.date.issued2004-08-20
dc.description.abstractThe present work studies organization innovation under the perspective of culture dynamics based on the culture dynamic concepts following American Professor Mary Jo Hatch. Such perspective seems to facilitate the understanding of both subjective and objective organization innovation through the four processes proposed by the model: manifestation, realization, symbolization, and interpretation. Innovation may be included in those four processes in the following way: it is modeled under the influences of cultural assumptions and values, it is turned into material reality as artifact, which in its turn is symbolized and interpreted in tune with assumptions and values, thus closing a cycle. The dynamic process was the object of field research at three organizations considered innovative. The methodology used was grounded research. The aim was to identify factors that were present at organizations under systematic innovation, as well as the inter-relation between and among those factors. A metaphor was created – “roots and wings” – to picture the scenario found at organizations under study: basic, amalgamation factors – “roots”, as well as mobility factors – “wings”.eng
dc.description.abstractEste trabalho estuda inovação nas organizações sob uma perspectiva da dinâmica da cultura e utiliza como base conceitual o modelo de dinâmica da cultura da professora americana Mary Jo Hatch. Esta perspectiva parece facilitar a compreensão de inovação nas dimensões subjetiva e objetiva da organização, através dos quatro processos propostos pelo modelo, os quais são: manifestação, realização, simbolização e interpretação. A inovação pode ser inserida nestes quatro processos, da seguinte forma: modela-se influenciada pelos pressupostos e valores da cultura, transforma-se em realidade material como artefato, o qual passa a ser simbolizado e interpretado de acordo com os pressupostos e valores, fechando-se assim um círculo. Este processo dinâmico foi objeto de pesquisa de campo em três organizações tidas como inovadoras, utilizando-se grounded research como metodologia. Buscou-se identificar os fatores que estão presentes em organizações que inovam sistematicamente, bem como a inter-relação entre estes fatores. Criouse a metáfora “raízes e asas”, no sentido de que as organizações pesquisadas apresentaram, por um lado, fatores de base e amálgama, como “raízes”, e por outro lado, fatores de mobilidade, como “asas”.por
dc.identifier.citationAGUIAR, Silvana Marques dos Santos Pereira de. A dinâmica entre raízes e asas: um estudo sobre organizações inovadoras. Tese (Doutorado em Administração de Empresas) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2004.
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/2530
dc.language.isopor
dc.subjectAdministração da produçãopor
dc.subjectDesenvolvimento organizacionalpor
dc.subjectMudança organizacionalpor
dc.subjectValorespor
dc.subjectCultura organizacionalpor
dc.subjectOrganizaçãopor
dc.subjectSímbolospor
dc.subject.areaAdministração de empresaspor
dc.subject.bibliodataDesenvolvimento organizacionalpor
dc.subject.bibliodataOrganizaçãopor
dc.subject.bibliodataCultura organizacionalpor
dc.subject.bibliodataTeoria da organizaçãopor
dc.subject.bibliodataSinais e símbolospor
dc.subject.bibliodataValorespor
dc.titleA dinâmica entre raízes e asas: um estudo sobre organizações inovadoraspor
dc.typeThesiseng
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
98351.pdf
Tamanho:
1.48 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format