Cibersegurança: uma visão sistêmica rumo a uma proposta de Marco Regulatório para um Brasil digitalmente soberano

Resumo

Este trabalho destaca que a cibersegurança é um assunto necessariamente multidimensional, multissetorial e, frequentemente, transnacional. Tal natureza é evidente, considerando que a elaboração e implementação de conceitos, estratégias, normas, ferramentas e mecanismos de governança de cibersegurança depende de atores de natureza extremamente diferente – pública, privada, associativa etc. – que não são necessariamente localizados na mesma jurisdição. Ao mesmo tempo, ciberataques implicam frequentemente atores de natureza diferente localizados em várias jurisdições, tornando a cooperação internacional uma necessidade não somente para conseguir respostas apropriadas aos ciberataques, mas, ainda mais basicamente, para conseguir um nível de certeza adequado na atribuição mesma dos ataques.


Descrição
Palavras-chave

Área do Conhecimento