Avaliação de estrutura e processos das áreas administrativas em hospitais: estudo de um caso em organização social de saúde

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
22-11-22
Orientador(res)
Malik, Ana Maria
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

A criação das OSS representou uma reforma no campo da gestão pública, inclusive na área da saúde, pelo fato de introduzir um modelo alternativo à gestão pública tradicional. Assim, estudos que analisam a gestão de hospitais realizada por OSS, bem como seus processos gerenciais, podem ser úteis para que os gestores públicos de saúde deem mais importância a monitoramento por indicadores e promovam mudanças institucionais com foco em estratégias que visem ampliação do acesso ao SUS e com mais qualidade. Objetivo geral. Avaliar a estrutura e os processos das áreas administrativas de hospitais administrados por Organização Social de Saúde localizados na região metropolitana da grande Recife. Objetivos Específicos Identificar as condições de infraestrutura e fluxos de funcionamento dos serviços administrativo e caracterizar os serviços administrativos quanto a equipe, atividades realizadas e processos descritos. Método: Estudo qualitativo e descritivo onde se propõe a entender um fenômeno, descrevendo as variáveis que o compõem e interfaces que o caracterizam e o particularizam. Resultados: Quando avaliamos em termos percentuais, apresentaram avaliação positiva menor ou igual à 50% por critério: Infraestrutura (78%), Gestão (60%), técnico operacional (77%) e Segurança e Risco (62%). E quando maior de 50%, com avaliação negativa, temos a avaliação por critério: Infraestrutura (22%), Gestão (40%), técnico operacional (23%) e Segurança e Risco (38%). Conclusão: O estudo sugere que este monitoramento exposto apresenta-se como uma ferramenta exitosa para avaliação de estrutura e processos das áreas administrativas em hospitais, capaz de identificar as condições de infraestrutura e fluxos de funcionamento dos serviços administrativo, de caracterizar os serviços administrativos quanto a equipe, atividades realizadas e processos descritos e propor indicadores de processo e respectiva análise crítica a partir das causas identificadas, contribuindo com o planejamento e a preparação para a ação, sugerindo ser recomendável a replicação do estudo em outras unidades hospitalares como ferramenta que potencializa a gestão


Descrição
Área do Conhecimento