Obesidade e consumo das famílias brasileiras: diagnóstico e implicações para políticas públicas

Resumo

Esse relatório apresenta um detalhado estudo sobre prevalência da obesidade no Brasil, a partir de banco de dados conforme a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), edições de 2013 e 2019, produzida pelo IBGE, em convênio com o Ministério da Saúde, e da Pesquisa de Orçamento Familiar (POF), em sua última edição de 2018. De acordo com o caderno “Percepção do estado de saúde, estilos de vida, doenças crônicas e saúde bucal”, atualizado em 02/12/2021, “Por ser uma pesquisa independente da PNAD, mas integrante do Sistema Integrado de Pesquisas Domiciliares - SIPD, a PNS se beneficiou da Amostra Mestra, utilizada pela PNAD Contínua, com maior espalhamento geográfico e ganho na precisão das estimativas. Com desenho próprio, elaborado especificamente para coletar informações de saúde, a PNS foi planejada tanto para estimar variados indicadores com a precisão desejada como para assegurar a continuidade do monitoramento da grande maioria daqueles anteriormente investigados por meio do Suplemento de Saúde da PNA”. Igualmente importante, foram os procedimentos metodológicos adotados pelo IBGE para tornar as duas pesquisas PNS comparáveis.


Descrição
Área do Conhecimento