FGV EAESP - GVcef - 01º Encontro Brasileiro de Economia e Finanças Comportamentais

Navegar

Submissões Recentes

Agora exibindo 1 - 20 de 20
  • Item
    Condicionantes comportamentais de subvalorização das ações no Brasil a partir do sentimento do investidor
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Silva Neto, Odilon Saturnino; Lucena, Pierre
    O presente artigo teve como propósito contribuir para a formação de um modelo comportamental de apreçamento de ativos a partir de uma estimação do sentimento do investidor e suas associações com uma análise fundamentalista das empresas. Foi comprovada a subvalorização das ações tendo como base o valor do patrimônio e o valor de mercado, de 1995 a 2013. O sentimento do investidor foi calculado por análise fatorial e formado a partir das variáveis: negociabilidade e ranking das “Campeãs de Valor”. Os resultados evidenciaram que o retorno esteve associado a um baixo sentimento de mercado, considerando a liquidez e os rankings.
  • Item
    Efeitos das condições meteorológicas no mercado acionário brasileiro
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Monte-Mor, Danilo Soares; Meireles, Guilherme Schwartz; Teixeira, Pedro Henrique Duarte
    Estudos da psicologia encontram evidências da influência das condições meteorológicas no humor dos indivíduos. Outros resultados sugerem que o humor pode interferir nos processos de tomada de decisões. Este estudo buscou, a partir das evidências encontradas nessa literatura, verificar se existe relação entre os fatores meteorológicos (precipitação, vento, umidade, temperatura e insolação) e o comportamento do mercado acionário brasileiro. Os resultados obtidos sugerem que os fatores meteorológicos influenciam tanto os preços quanto o volume negociado.
  • Item
    Which are the investment fund managers in Brazil behavioral investing biases and their characteristics?
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Damke, Berenice Righi; Eid Júnior, William; Rochman, Ricardo Ratner
    Behavioral Investing Biases are cognitive and emotional aspects than may intervene in investment decisions. Searching for evidences of behavioral biases in the Investment Fund managers (IFM) in Brazil, it was created a 28 questions survey, sent to 936 IFM and 98 responses were obtained. Biases like Optimism and Regret Aversion were present in more than 75% of the respondents. On the other hand, Overconfidence and Status Quo were present in less than 10%. Respondents were 90% male, 36 years-old average, BA bachelors, with Master Degree. Their personal investments are conservative despite of the majority are Equities or Multi-Markets IFM.
  • Item
    Herding behavior on mutual fund investors in Brazil
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Kutchukian, Eric; Eid Júnior, William; Dana, Samy
    Herd behavior (i.e. correlated movement of investors), among mutual fund investors can force fund managers to sell or buy assets even when with bad timing, like selling on historical lows or buying at market tops, what could jeopardize investor’s return and cause even more volatility of prices, due to the high volume of trading of the herd. This study has found strong evidence of herd behavior heterogeneously distributed among different groups of investors, types of funds and periods of time of Brazilian mutual funds, an evidence against the homogeneous expectations assumption of efficient markets theory.
  • Item
    A influência do comportamento do fundador no endividamento da empresa
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Segura, Liliane Cristina; Formigoni, Henrique; Abreu, Rute; David, Fátima
    Estudos mostram que o fundador possui vieses bastante peculiares em relação à tomada de decisão na sua empresa e a vê como um meio de realização de necessidade pessoal e a utiliza em seu interesse próprio, em função das suas características empreendedoras. O objetivo deste estudo foi comparar o nível de endividamento entre as empresas abertas brasileiras geridas pelo seu fundador e aquelas que não possuem ligação com o fundador da empresa. Os resultados sugerem uma tendência de as empresas geridas pelo fundador serem menos endividadas do que as demais, na amostra selecionada.
  • Item
    Aspecto cognitivo de excesso de confiança e desempenho econômico-financeiro das empresas Latino-americanas
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Guse, Jaqueline Carla; Leite, Maurício; Brighenti, Josiane; Silva, Tarcísio Pedro da
    O objetivo do estudo é analisar a relação entre o excesso de confiança e o desempenho econômico-financeiro das empresas latino americanas baseado na quantidade de ações em tesouraria. Realizou-se pesquisa descritiva, documental e quantitativa. A população da pesquisa compreendeu as companhias abertas de três países da América Latina. Utilizou-se análise de dados em painel. Os resultados apontam que, com base na quantidade de ações mantidas em tesouraria por parte das empresas, pode-se afirmar que os gestores de empresas brasileiras possuem os aspectos cognitivos de excesso de confiança e otimismo mais acentuado do que os gestores das empreses argentinas e chilenas.
  • Item
    A influência de vieses cognitivos e motivacionais na tomada de decisão gerencial: evidências empíricas em uma empresa de construção civil brasileira
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Feitosa, Arnaldo Barros; Silva, Pablo Rogers; Silva, Dany Rogers
    O objetivo desta pesquisa consiste em diagnosticar vieses cognitivos e motivacionais em gestores de uma empresa do setor de construção civil brasileira. Para isso, 84 questionários com instrumentos selecionados na literatura sobre processo decisório foram respondidos. Os principais resultados constataram-se que os gestores: (1) são excessivamente confiantes em suas estimativas; (2) parecem mais otimistas que outros grupos de agentes econômicos; (3) são amplamente influenciados por âncoras em suas estimativas. Os resultados corroboram evidências empíricas emanadas da literatura sobre heurísticas e vieses, particularmente, com conceitos da Teoria do Prospecto e contrapõem-se aos conceitos oriundos da Teoria da Utilidade Esperada.
  • Item
    Estrutura de capital e patamar de confiança empresarial: uma abordagem setorizada no Brasil
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Silva, Marcos Roberto Alves da; Nakamura, Wilson Toshiro
    A literatura de finanças tem abordado como a confiança excessiva impacta as decisões de investimentos e financiamentos. Gerentes que apresentam confiança em excesso no futuro da empresa são propensos a preferir dívida para financiamento. Isso pode levar a um aumento da probabilidade de dificuldades financeiras e aumento dos custos de capital. O objetivo deste trabalho é estudar o impacto da confiança gerencial sobre a estrutura de capital utilizando uma amostra setorizada de empresas brasileiras. Adota-se os indicadores de duas base de dados, ou sejam, o indicador de confiança setorial do IBRE – Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas e a base de dados setorial da Macrodados Sistemas Gerenciais. Constata-se que 74% das variações conseguem serem explicadas pelas variáveis inclusas no modelo. Com o modelo de efeito fixo e a correção robusta de White, constata-se que as diversas observações são estatisticamente diferentes nos diversos setores. Esta conclusão reforça a idéia da importância da abordagem do setor de atividade para o estudo de Estrutura de Capital. Cada setor possui especificidades que o leva à composição de fontes de financiamento diferenciadas.
  • Item
    Relação entre os vieses de otimismo e excesso de confiança sobre a estrutura de capital das empresas brasileiras
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Fasolin, Luiza Betânia; Silva, Tarcísio Pedro da; Nakamura, Wilson Toshiro
    O objetivo deste estudo é investigar a relação entre os vieses de otimismo e excesso de confiança sobre a estrutura de capital das empresas brasileiras. A amostra é composta por 104 companhias do período de 2008 até 2012 e a metodologia utilizada foi um estudo descritivo, documental e quantitativo. Os resultados apontam que crescimento, lucratividade, tamanho e acúmulo dos cargos de diretor presidente e presidente do conselho de administração influenciaram na estrutura de capital das empresas na alavancagem contábil e de mercado, sendo que apenas o acúmulo de funções é uma variável comportamental de ênfase nos dois tipos de alavancagem.
  • Item
    Controle percebido, desempenho acadêmico e racionalidade: um estudo à luz da teoria da perspectiva com estudantes de Ciências Contábeis na UFRN
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Taveira, Lis Daiana Bessa; Mól, Anderson Luiz Rezende
    Este trabalho teve o objetivo de identificar quais influências o desempenho acadêmico, o controle percebido e as decisões racionais, sob a ótica da teoria da perspectiva, guardam entre si em amostra de alunos de graduação de Ciências Contábeis no município de Natal – RN. A pesquisa contribui no sentido de investigar a relação do trinômio “controle, racionalidade e desempenho acadêmico”, averiguando se a amostra que apresenta maior desempenho acadêmico tende a ser mais racional, e se o controle percebido está presente nesse processo. Tal relação envolve as escolhas oriundas de aspectos financeiros, pautados pela teoria da perspectiva (KAHNEMAN; TVERSKY, 1979). A pesquisa é caracterizada como descritiva e exploratória, e utilizou a técnica de Stuctural Equation Modelling (SEM) para relacionar causa e efeito das variáveis investigadas (controle percebido, racionalidade e desempenho acadêmico). Os achados apontaram que o desempenho acadêmico foi identificado como um axioma no sentido de formar profissionais mais racionais no mercado, visto que a racionalidade apresentou um ponto de partida de grande significância para explicar essa relação. Nesse sentido, os resultados apontam a proxy racionalidade e controle como uma competência presente na formação profissional. No ambiente acadêmico, essa relação promove a geração de desvios cognitivos na percepção estudantil, bem como na tomada de decisão do aluno já no mercado de trabalho.
  • Item
    Risk aversion, the disposition effect and decision-making in groups
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Prates, Wlademir Ribeiro; Costa Junior, Newton C. A. da; Dorow, Anderson
    This paper presents the results of a laboratory experiment conducted to investigate the manner in which the disposition effect affects individuals’ and groups’ investment decision making. We conducted six experimental sessions with 174 undergraduate students. We found that the students exhibited the disposition effect when working alone, but that the effect was no longer statistically significant when they made decisions together in two and three-member groups. We also observed that the disposition effect was the result of a high proportion of gains being realized, indicating that the individuals were more risk averse than the groups.
  • Item
    Psicologia econômica: trajetória histórica e rumos futuros
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Ferreira, Vera Rita de Mello
    O artigo descreve origens e nascimento da psicologia econômica e oferece uma perspectiva histórica para a análise de sua construção e relações com a economia tradicional, com ênfase em sua vertente contemporânea. O panorama do campo na atualidade é traçado quanto a objeto de estudo, linhas de pesquisa, método, publicações, associações, reuniões científicas e disseminação. Contribuições mais recentes à área, como a discussão sobre racionalidade limitada, o estudo de heurísticas e vieses e arquitetura de escolha são detalhadas. Ao final, são mencionadas experiências brasileiras, já em curso, que apontam para possibilidades de aplicação desses dados de pesquisa em diferentes setores.
  • Item
    Futebol e ações: evidências para o mercado brasileiro
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Rochman, Ricardo Ratner; Eid Júnior, William; Cutruneo, Thiago Bonatto
    O presente trabalho analisa se o mercado acionário brasileiro é sensível a resultados da seleção brasileira de futebol. Através de uma metodologia de estudo de eventos chega-se a conclusão de que, em prazos mais curtos, futebol pode ser usado como instrumento de mensuração do humor dos agentes.
  • Item
    O efeito comportamental na decisão de investimento: o impacto dos preços limite no volume negociado
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Borges, Elaine Cristina
    Este artigo estuda os determinantes de volume das ações negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo, em especial os preços máximo e mínimo das últimas 52 semanas. O estabelecimento de uma relação entre preços passados e volume só pode ser explicado através das teorias da área de Finanças Comportamentais, que através do relaxamento de algumas premissas se propõem a uma maior adequação à realidade. Os testes realizados confirmam haver utilização do preço mínimo das últimas 52 semanas por parte do investidor como referência para a tomada de decisão, ocasionando um aumento acima de mercado no volume de negociação destas ações no momento em que o preço corrente extrapola o preço mínimo passado. Entretanto, esta mesma relação não foi identificada para o preço máximo. A identificação de mais esta variável para explicar variações do volume de negociações no mercado de capitais do Brasil contribui tanto para as recentes teorias de Finanças Comportamentais como para o próprio desenvolvimento do mercado financeiro e conseqüentemente do país, sendo, portanto, do interesse de todos.
  • Item
    Identificando diferenças no processo de tomada de decisão sob risco e incerteza entre indivíduos das áreas de negócios e saúde
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Andrade, Filipe José Dal'Bó de; Bonizio, Roni Cleber; Lima, Fabiano Guasti
    Este estudo teve como objetivo identificar indícios de que os vieses cognitivos descritos pela Teoria dos Prospectos podem ser diferentes em diferentes grupos de indivíduos. Especificamente, comparamos dois grupos de indivíduos que estudam para tomar decisões em condições de risco e incerteza: indivíduos das áreas de negócios e saúde. Os resultados mostram a presença de três efeitos não previstos pela Teoria da Utilidade Esperada: efeito certeza, efeito reflexão e efeito isolamento. Os tratamentos estatísticos revelam diferenças significativas entre os dois grupos em relação aos efeitos certeza e reflexão.
  • Item
    Finanças comportamentais no Brasil: uma aplicação da teoria da perspectiva em potenciais investidores
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Ramalho, Thiago Borges; Yoshinaga, Claudia Emiko
    A premissa de racionalidade ilimitada preconizada pela HME é contestada pelo arcabouço teórico que envolve as Finanças Comportamentais. A presente pesquisa objetiva replicar a investigação do artigo seminal de Kahneman e Tversky (1979) para avaliar o processo decisório de funcionários de um importante banco nacional. Os resultados deste estudo foram comparados aos obtidos no trabalho original e em pesquisas similares. O questionário adotado foi uma adaptação do originalmente utilizado, para que se pudesse testar, na amostra estudada, a aplicabilidade da Teoria da Perspectiva. Os resultados comprovaram que uma grande parcela do público amostral apresentou inconsistência decisória segundo o modelo racional.
  • Item
    The economic role of housework at retirement and personality traits: evidence from the United Kingdom
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Nunes, Bernardo Fonseca
    Housework is a crucial determinant of expenditure patterns at retirement by acting as a substitute for the purchase of market goods and services. In this paper we build on the literature about retirement behaviour by revisiting the economic role of home-production of good and services. Specifically, we empirically examine whether personality traits determine the time individuals devote to housework due to the occurrence of a transition to retirement. Our empirical strategy is organized by studying the constraints of a two-period model of transition to retirement which has housework as a component of agents’ life-time wealth. Then, we use longitudinal data from the British Household Panel Survey – of individuals aged 55 or above to show that extraversion is a key determinant of the changes in the time new retirees devote to these tasks, being more relevant than consumption expenditures, household income, and gender. Extroverted individuals are not only oriented by productivity but might also perceive activities such as cooking for household members and doing grocery shopping, as less costly in terms of effort, or even pleasant. More extroverted retirees might also do housework to sustain their pre-retirement levels of leisure and entertainment expenditures. We provide findings that could be useful for policymakers in the field of pensions and social care to better understand how the ageing population cope with expenditures and adapt its economic behaviour to achieve desired standards of living at retirement.
  • Item
    Você é alfabetizado financeiramente?: descubra no termômetro de alfabetização financeira
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Potrich, Ani Caroline Grigion; Vieira, Kelmara Mendes; Kirch, Guilherme
    Este estudo buscou desenvolver um indicador para a alfabetização financeira dos indivíduos, denominado Termômetro de Alfabetização Financeira. Para tal, realizou-se uma pesquisa survey com 1.572 rio-grandenses. Utilizou-se a análise fatorial confirmatória para definição dos construtos atitude financeira e comportamento financeiro. Em seguida, calculou-se o construto conhecimento financeiro. A partir dos construtos realizou-se uma análise de cluster, na qual foram obtidos dois conglomerados. O primeiro representa os indivíduos que possuem baixa alfabetização financeira e o segundo aqueles altamente alfabetizados financeiramente. Em seguida, foi proposto um indicador que permite classificar qualquer indivíduo, como possuidor de baixo ou alto nível de alfabetização financeira.
  • Item
    Alfabetização financeira no sul do Brasil: modelagem e invariância entre gêneros
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Potrich, Ani Caroline Grigion; Vieira, Kelmara Mendes; Coronel, Daniel Arruda; Bender Filho, Reisoli
    Este estudo tem por objetivo desenvolver um modelo para mensurar a alfabetização financeira, testando a invariância da medida proposta e a diferença de médias existente entre os gêneros. O modelo é desenvolvido a partir de três escalas: conhecimento financeiro, atitude financeira e comportamento financeiro. Realizou-se uma survey com 991 indivíduos residentes no Sul do Brasil. Os testes indicaram que o modelo para mensurar a alfabetização financeira apresentou significância em todas as relações propostas. Os modelos para o gênero foram invariantes; entretanto, os indivíduos do gênero masculino possuem uma maior média na alfabetização financeira do que os do gênero feminino.
  • Item
    The effect of the information disclosure in the propensity of credit buying
    (Centro de Estudos em Finanças (GVcef), 2014) Mette, Frederike Monika Budiner; Matos, Celso Augusto de
    The present study aimed to verify the effect of disclosure of credit terms in buying with in the propensity of individuals to consume this credit moderated by the debt literacy and the possibility of cash payment of the respondents. It was conducted an experiment with 3 scenarios for the disclosure of the condition in buying on credit. From the results presented through the tests it was shown that the greater the amount of information the greater propensity of consumption on credit. It was proved that the higher the level of debt literacy the lower the propensity to consume on credit.