FGV EBAPE - Dissertações, Mestrado em Gestão Empresarial

Navegar

Submissões Recentes

Agora exibindo 1 - 20 de 1316
  • Item
    Olhando no retrovisor: o que as teses de investimento podem antecipar sobre o potencial de impairment
    (2023-12-29) Hildebrandt Junior, Edson
    O presente estudo tem como objetivo investigar os riscos no processo de tomada de decisão de investimento a partir dos ajustes de provisão para perda por desvalorização (“impairment”). A identificação precoce de riscos de perda por desvalorização de ativos em projetos de investimento emerge como fator crucial na tomada de decisão de investir ou não, seja por meio de fusões, aquisições ou parcerias estratégicas. A compreensão profunda do projeto de investimento, seus riscos associados e suas consequências, revela-se vital para gestores e investidores, permitindo-lhes antecipar desafios e otimizar oportunidades.
  • Item
    O paciente tem escolha? Identificando os fatores influenciadores da seleção de centro oncológico no Sistema Suplementar de Saúde brasileiro
    (2023-09-14) Andrade, Maria Clara Borges de
    Objetivo – O câncer é uma doença de alta morbimortalidade, relevância social e alto impacto financeiro para o sistema de saúde suplementar brasileiro e os centros oncológicos privados constituem uma área estratégica para investimento de hospitais, clínicas e operadoras de saúde. Esta pesquisa objetiva um melhor entendimento sobre os fatores de atração do paciente oncológico ao centro de tratamento, a um profissional médico, além de tentar elucidar as informações que poderiam ajudar a comparar os centros oncológicos e o responsável por esta escolha. Metodologia – Esse trabalho foi realizado através de pesquisa quantitativa, com elaboração de instrumento do tipo survey com entrevistas de pacientes em duas clínicas no interior do Rio de Janeiro. Resultados – A pesquisa demonstra que o processo de escolha de centro oncológico é complexo e heterogêneo e que provavelmente os pacientes preferem receber seus cuidados de um profissional de boa reputação, competente, com habilidades em comunicação em centros com maior qualidade de cuidado e melhor reputação. De forma geral, nota-se que a escolha do centro oncológico se deve principalmente às preferências do médico encaminhador em detrimento das características próprias da clínica. A literatura do tema sugere grande importância da divulgação de informações úteis e de fácil compreensão que permitam que usuários e médicos encaminhadores façam melhores escolhas. No entanto, permanece questionável no contexto atual brasileiro se os pacientes usariam mais informações caso fossem acessíveis e amigáveis e se de fato têm a oportunidade de escolha mesmo na iniciativa privada. Limitações – Como o primeiro estudo nesse sentido no Brasil, outros estudos deverão explorar a seleção de centro oncológico, visto que os resultados desta pesquisa não podem ser generalizados para toda a população brasileira devido a pequena amostragem em localidade específica, mas podem auxiliar na compreensão da visão geral dos pacientes a respeito do tema. Aplicabilidade do trabalho – Esta pesquisa busca melhorar o planejamento estratégico dos centros oncológicos privados brasileiros para que pacientes e gestores possam fazer melhores escolhas, aumentando o market share e a qualidade da assistência oncológica.
  • Item
    Inovação e competitividade: uma breve reflexão sobre as diferenças e similaridades nos clusters moveleiros nos estados do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro
    (2023-11-29) Freitag, Sergio Ricardo Gomes
    Objetivo - Este estudo tem como objetivo examinar as diferenças e as similaridades dos clusters moveleiros nos estados do Rio de Grande do Sul e do Rio de Janeiro em termos de inovação e competitividade. Metodologia - Trata-se de um estudo de caso em profundidade com abordagem qualitativa e descritiva, com utilização de fonte de dados secundários. Os dados foram coletados a partir de teses, dissertações, artigos, revistas, relatórios governamentais, associações e relatórios setoriais ou institucionais. Resultados - No Rio Grande do Sul, o cluster moveleiro, especialmente o de Bento Gonçalves, destaca-se pelo nível de capacidade tecnológica avançada. O cluster é capaz de implementar atividades inovadoras complexas e até próximas da fronteira internacional. Esse cluster é impulsionado por um ecossistema robusto, estrutura institucional consolidada, políticas públicas favoráveis e forte cultura de colaboração. Em contrapartida, o cluster oveleiro no Rio de Janeiro apresenta limitações, com capacidade inovadora restrita a atividades básicas e imitações, resultando em um ecossistema menos desenvolvido. Limitações - A falta de acesso a dados primários sobre os clusters moveleiros nos estados do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro pode ter restringido a disponibilidade de informações mais detalhadas sobre a dinâmica interna desses clusters, impactando a abrangência da análise. Contribuições Práticas - Este estudo busca fornecer informações para empresários, gestores de empresas, instituições de apoio, como universidades e centros técnicos de capacitação, bem como para formuladores de políticas públicas. Essas percepções têm o objetivo de auxiliar na tomada de decisões estratégicas, no desenvolvimento de atividades inovadoras e no fortalecimento do ambiente empresarial e econômico. Contribuições Sociais - Ao apresentar percepções sobre os níveis de competitividade e capacidade de inovação, este estudo tem como objetivo contribuir para o fortalecimento dos clusters moveleiros e para o desenvolvimento socioeconômico. Adicionalmente, mesmo que de forma modesta, este estudo visa contribuir para o aprimoramento das pesquisas acadêmicas sobre clusters. Originalidade - O estudo comparativo entre os clusters moveleiros no Rio Grande do Sul e no Rio de Janeiro, em termos de inovação e competitividade, destaca-se pela originalidade, uma vez que há escassez ou ausência nas comparações diretas entre esses clusters, bem como na avaliação do nível de capacidade tecnológica entre eles.
  • Item
    Consumer attitudes and purchase intentions towards sustainable foods
    (2023-07-06) Veltmann, Leonie Paula
    Purpose: This dissertation examines the effect of sustainability cues on attitudes and ultimately purchase intentions of green products. The study differentiates between extrinsic cues (i.e., recyclable packaging and minimum packaging labels) which are not physically part of the product, and intrinsic cues (i.e., vegan and organic labels) which are integrated into the product. Methodology: More specifically, the methodology involves assessing the influence of perceived attributes on the willingness to purchase and investigating how different cues relatively affect the perceptions of sustainability, taste and healthiness. Finally, the study explores how cues directly influence the purchase intention. Thus, the mediating role of the perceived attributes in the relationship between product cues and willingness to purchase is being investigated. To account for diverse consumption motivations, the analysis distinguished between vice products and virtue, or in other words, unhealthy and healthy products. Findings: The results indicate a significant influence of attribute perception on purchase intention and of cues on these attributes, with extrinsic/intrinsic cues, and vice/virtue products, exhibiting different effects. However, contrary to expectations, a direct impact of the cues on purchase intentions were not observed. Consequently, the study suggests that the mediating role of the perceived attributes in this relationship may not be substantial. Limitations: The findings also indicate limiting factors that could contribute to the absence of these direct effects. Further research is needed to explore these factors and provide a more comprehensive understanding of the complex relationships.
  • Item
    Environmental sustainability in financial investment decisions
    (2023-07-06) Code, Scotia
    Purpose - This study explores the effect of sustainability on consumer perceptions of green financial assets and the lag in consumer adoption of sustainable investing practices by investigating perception, relevant heuristics, and behaviour regarding green financial investments. Methodology: This study was conducted on data obtained from a between-subjects design survey inquiring about subjects’ 1) willingness to invest in and 2) their expected return and perceived risk of ESG financial instruments. The ESG financial instruments are represented by Green Funds, which are benchmarked against a sustainability index, and are in contrast to traditional financial instruments that are only benchmarked against performance-based indices. We also collected data on the participants themselves, such as demographics and their environmental values, which enabled us to conduct statistical logistic regression analyses to compare and explore potential correlations across mean investor preferences and demographic factors. Findings - Out of 166 valid responses, it was found that overall consumers are significantly more willing to invest in traditional funds, considering them to provide better performance and lower risk. The two most notable factors affecting attitude towards green investments were a) overall value of the environment and commitment to sustainability and b) age of the respondent. Research Limitations – This research is limited by the survey design, which may not accurately reflect decision making conditions. The sample size and large percentage of North American respondents in the distribution affects confidence and bias in respondents. Originality - This survey was unique to this investigation, and to my knowledge no similar investigation exists with this study design and methodology. Practical Implications - These findings have relevance to private companies, investing platforms, and fund managers seeking to optimize their engagement strategies and to environmental interest groups seeking to influence consumer behaviour and increase the adoption of sustainable investing behaviour. This also provides value to sustainability literature and academia as scholars continue to explore the attitude towards and adoption of sustainable practices by the public.
  • Item
    Inteligência artificial na educação: mediando competências no Colégio Núcleo, em Recife-PE
    (2023-12-04) Serra Neto, Paulo Rodrigues do Souto
    Objetivo- O objetivo deste estudo é analisar, na perspectiva dos colaboradores de uma entidade de educação básica, como a implementação de uma plataforma de análise textual mediada por inteligência artificial tem contribuído para o desenvolvimento das habilidades de leitura e escrita em estudantes. Metodologia – A metodologia adota uma abordagem qualitativa, de natureza descritiva e exploratória, com um estudo de caso realizado no Colégio Núcleo, no município de Recife, estado de Pernambuco. A proposta é complementar a abordagem tradicional de ensino, oferecendo novas perspectivas nas habilidades textuais. Resultados – Os resultados destacam o papel crucial dos sistemas de tutoria inteligente e chatbots educacionais na melhoria da interação aluno-professor e no fornecimento de feedback individualizado. Contribuições práticas – Por fim, enfatiza-se a aceleração na análise textual pela IA ressaltando a importância da orientação do professor e da ética na utilização da tecnologia. Conclui-se que a integração da IA na análise textual pode trazer melhorias na competência escrita dos alunos, fortalecendo o papel estratégico do professor na promoção de uma educação mais significativa e envolvente.
  • Item
    Comportamento pró-ambiental a partir das decisões de consumo dos turistas na praia de Copacabana, Rio de Janeiro
    Santos, Luiz Guilherme Borges Pereira dos
    Objetivo – Descrever o comportamento pró-ambiental dos turistas nacionais e internacionais que visitam a praia de Copacabana no Rio de Janeiro no ano de 2023 a partir das suas decisões de consumo. Metodologia – Para a análise do comportamento dos turistas, foi realizada a coleta de dados primários através de um questionário, que considerou critérios variados, incluindo gênero, região e país de origem, e comportamento dos turistas. Resultados – Como resultados encontrou-se que 97% dos entrevistados dão preferência a estabelecimentos que implementam práticas sustentáveis nas suas operações comerciais. As caraterísticas das pessoas com comportamento pró-ambiental são mais encontradas em mulheres na faixa etária de 49-acima, estrangeiros. Com relação as regiões no Brasil, vemos que os turistas da região Sudeste são aqueles com um maior comportamento pró-ambiental, enquanto os da região Norte apresentam um menor comportamento pró-ambiental. E são os europeus aqueles com um maior comportamento pró-ambiental contra os latino- americanos com um menor comportamento pró-ambiental. Limitações – O período de coleta de dados ocorreu em apenas cinco dias do feriado de Corpus Christi de 2023. Ainda que esse feriado seja de importância na atração de turistas nacionais e internacionais, outras pesquisas podem ser elaboradas abarcando outros períodos para ter uma visão mais ampla do comportamento dos turistas consumidores. Aplicabilidade do trabalho – Gestores públicos ligados ao turismo e ao meio ambiente também podem ter parâmetros iniciais para seus estudos para implementação de políticas públicas, ações de educação e conscientização ambiental e de promoção dos seus destinos de forma mais efetiva e direcionada. Originalidade – Análise do comportamento pró-ambiental em uma praia mundialmente conhecida em uma grande metrópole.
  • Item
    Empresas de carsharing no Brasil: uma análise dos desafios do modelo de negócio e da continuidade no mercado
    (2023-11-10) Moura, André Luis Macedo
    Objetivo – O objetivo desse estudo é identificar os principais desafios enfrentados por empresas de carsharing, quanto a estratégias relacionadas ao modelo de negócio e à sua continuidade no mercado no Brasil. Metodologia – Se utiliza uma metodologia de questionários e entrevista em profundidade de empresas atuantes ou que já foram atuantes no ramo de carsharing no Brasil. Resultados – Os principais desafios encontrados pelas empresas de carsharing no Brasil estão relacionadas com o forte vínculo entre carsharing e a tecnologia; a relevância do apoio do setor público como chave para expansão do mercado de carsharing no Brasil; elevados custos fiscais e de financiamento; e falta de infraestrutura urbana e segurança pública. Limitações – Destaca-se como limitação a escassez de dados secundários disponíveis sobre as empresas ou sobre o setor de carsharing, incluindo a pouca disponibilidade das empresas contactadas para resposta ao questionário. Aplicabilidade do trabalho – Oferecer um mapeamento inicial sobre as principais lacunas no mercado de carsharing no Brasil, do ponto de vista de empreendedores. Originalidade – Identifica-se que grande parte das pesquisas tem se concentrado no cliente, enquanto apenas alguns estudos discutem a perspectiva dos provedores de serviços, os quais enfrentam desafios em encontrar um modelo de negócios lucrativo e se manterem no mercado.
  • Item
    Desenvolvimento de uma economia de hidrogénio verde no Brasil: obstáculos e viabilizadores
    (2023-10-19) Thomsen, Max
    ​Objetivo - Esta dissertação tem como objetivo identificar os principais obstáculos e estratégias viabilizadoras para o desenvolvimento de uma economia de hidrogênio verde (GH2) no Brasil. ​Metodologia - O estudo de caso engloba uma análise de dados qualitativos obtidos por uma série de entrevistas com especialistas e da literatura relevante, através de cinco proposições teóricas sobre barreiras à transição para o GH2, fundamentadas na perspectiva multinível de sistemas sociotécnicos. ​Resultados - Descobriu-se que as barreiras econômicas e institucionais são as mais predominantes, pois vários fatores inibem as decisões de investimento financeiro e uma estrutura regulatória insuficiente perpetua a incerteza no mercado. Além disso, os recursos e a infraestrutura necessários ainda não estão suficientemente disponíveis, e a colaboração insuficiente entre as diversas partes interessadas torna desafiadora a coordenação para o desenvolvimento desse mercado incipiente. ​Limitações - Este estudo de caso é limitado pela escassez de dados aplicáveis, pelo conjunto não exaustivo de especialistas entrevistados e pelo fato de que os desenvolvimentos no GH2 são rápidos e a precisão e a relevância das conclusões podem estar sujeitas a alterações. Entre as primeiras a usar a estrutura teórica específica em relação ao GH2, esta pesquisa conseguiu mostrar que a perspectiva multinível é uma estrutura adequada para analisar as transições para o GH2, seus obstáculos e estratégias viabilizadoras em contextos nacionais específicos. ​Aplicabilidade do trabalho - Com base na discussão das barreiras identificadas e das estratégias facilitadoras, são propostas nove abordagens estratégicas para o desenvolvimento do setor GH2, tratando principalmente de abordagens para aumentar a viabilidade econômica e criar um ambiente regulatório favorável no Brasil. As barreiras identificadas e as estratégias práticas podem ser consideradas pelos decisores políticos e do sector privado no desenvolvimento e avaliação da sua abordagem ao desenvolvimento da economia do hidrogénio verde no Brasil. ​Originalidade - Segundo o conhecimento do autor, esta é a primeira análise científica do desenvolvimento da economia verde do hidrogénio no Brasil através da perspectiva da teoria das transições da sustentabilidade, nomeadamente a perspectiva multinível.
  • Item
    Marketing strategies for cultured meat
    (2023-07-06) Doepkens, Lea
    Objetivo - A mudança climática marca um dos momentos mais cruciais da história da nossa sociedade e exige uma mudança nos padrões atuais de consumo. Assim, é imperativo que as empresas ofereçam alternativas sustentáveis e que a pesquisa desenvolva estratégias para comercializar essas alternativas com o maior sucesso possível em escala global. Com relação a esse desafio, este estudo tem como objetivo formular estratégias de marketing que permitam a comercialização bem-sucedida de carne cultivada em países desenvolvidos e em desenvolvimento. Metodologia - Realizei um experimento para investigar a atitude do consumidor em relação à carne de cultura, manipulando a acessibilidade de diferentes benefícios dessas alternativas de carne (ou seja, benefícios sustentáveis, de saúde/segurança e de sabor). Ao mesmo tempo, o efeito desses benefícios sobre a percepção de respeito ao meio ambiente, sabor e segurança/saúde da carne de cultura em relação à carne tradicional é medido. As diferenças entre brasileiros e alemães são exploradas, e recomendações gerenciais e contribuições teóricas são derivadas. Resultados - Houve um efeito positivo da comunicação sobre sustentabilidade na disposição de pagar pela carne de cultura. Entretanto, destacar informações sobre o sabor ou os benefícios para a saúde/ segurança não influenciou atitudes mais positivas em relação à carne de cultura. Não foi possível descobrir diferenças significativas entre países desenvolvidos e em desenvolvimento. Limitações da pesquisa - Este estudo é limitado pelo tamanho da amostra da pesquisa, que não é representativa nem da população brasileira nem da alemã. Além disso, a distribuição dos participantes é desequilibrada entre os países, o que comprometeu as comparações entre os países. Originalidade/valor - Este estudo combina a investigação dos fatores do lado da demanda que poderiam influenciar a aceitação da carne cultivada pelos consumidores com uma consideração dos fatores culturais que influenciam o processo de formação de opinião sobre a carne cultivada.
  • Item
    Qual é o efeito do clima organizacional sobre o desempenho empresarial? Evidências empíricas de uma instituição financeira no Brasil
    (2023-09-05) Silva, João Vitor Martins da
    Objetivo: Este estudo investigou o efeito do clima organizacional sobre o desempenho empresarial, a partir de revisão bibliográfica e evidências empíricas em uma rede bancária. Metodologia: O estudo caracteriza-se como quantitativo, transversal com base de dados secundária. Utilizou-se para análise dos dados e testes das hipóteses, estatística descritiva, análise fatorial confirmatória e regressão linear múltipla. O estudo contempla a análise de 64 agências bancárias de uma das maiores instituições financeiras da América Latina, localizadas no estado brasileiro do Rio Grande do Sul. Resultados: A aplicação do modelo teórico resultou na avaliação de seis hipóteses, rejeitando qualquer correlação entre clima e indicadores financeiros de receita e lucratividade, bem como, com o indicador de satisfação de clientes. Em relação a variável socioeconômica utilizada no modelo, identificou-se relação positiva com os indicadores financeiros, entretanto, não houve qualquer relação com o indicador de satisfação dos clientes. Limitações: A amplitude das variáveis internas e fatores externos que não puderam ser exploradas, aumentando a complexidade à interpretação das conclusões. A concentração do estudo em um segmento específico de uma empresa do ramo financeiro, em um único estado brasileiro, dificultando a generalização dos resultados. Aplicabilidade do trabalho: Contribui com a teoria trazendo evidências empíricas sobre a não relação entre o clima organizacional com desempenho financeiro e satisfação de clientes. A exploração da variável socioeconômica, que demonstra os impactos de fatores externos nos resultados financeiros de receita e lucratividade, e que a satisfação dos clientes independe de fator socioeconômico. Contribui com a prática, pois fornece insumos para a área de recursos humanos e gestores, na implementação de iniciativas que vão além da promoção de um bom clima, mas que desenvolvam as pessoas no entendimento do negócio, produtividade e atendimento aos clientes. Outra contribuição está na importância de avaliar varáveis externas nas decisões de planos de expansão, redução ou adaptação do modelo de negócio, devido a sua relevância em resultados financeiros.
  • Item
    EU ecodesign requirements for smartphones: a sufficient initiative to extend the user service time of smartphones? - a quantitative study among european consumers
    (2023-07-05) Kleinelanghorst, Max
    Objetivo: Este estudo está alinhado com os objetivos do Pacto Verde da UE para 2050, focando especificamente nas regulamentações de Ecodesign para smartphones, que visam prolongar o tempo de serviço do usuário através do aumento da durabilidade. O objetivo desta pesquisa é determinar se os principais componentes destacados nessas disposições legais têm um impacto significativo no tempo de serviço do usuário de smartphones. Metodologia: O estudo utiliza uma pesquisa quantitativa para entender por que os consumidores substituíram seus smartphones anteriores e se os fatores de confiabilidade e reparabilidade afetam significativamente o tempo de serviço do usuário de smartphone. Um modelo de regressão múltipla foi empregado para analisar a influência desses fatores e controlar outros potencialmente importantes durante todo o ciclo de consumo. Resultados: Os resultados revelaram que a substituição de smartphones e o tempo de serviço do usuário são influenciados por uma interação complexa de fatores, não sendo apenas a confiabilidade e a frequência de reparo. De modo significativo, as características do consumidor, o comportamento de cuidado e certos motivos de substituição do dispositivo emergiram como determinantes críticos da vida útil do usuário. Implicações: Embora os requisitos de Ecodesign propostos possam impactar positivamente a durabilidade do smartphone, a atitude e o cuidado do consumidor também são cruciais. Portanto, iniciativas mais abrangentes, incluindo educação do consumidor e promoção de atitudes pró-ambientais devem ser implementadas juntamente com medidas legais. Pesquisas adicionais são essenciais para determinar o impacto exato das medidas propostas e fornecer estudos aprofundados sobre como influenciar positivamente as atitudes e o cuidado do consumidor.
  • Item
    Preferências em relação ao teletrabalho e sua relação com o engajamento, o equilíbrio entre vida pessoal e profissional e a intenção de rotatividade
    (2023-12-18) Chagas, Raquel Guerra Carrapatoso
    Objetivo: O presente estudo tem como objetivo analisar a preferência de trabalhadores brasileiros em relação ao teletrabalho e as relações entre a modalidade de trabalho ideal e a atual com o engajamento, o equilíbrio entre vida pessoal e profissional e a intenção de rotatividade. Metodologia: Para o alcance dos objetivos propostos, foi conduzida uma pesquisa quantitativa que contou com a participação de 127 trabalhadores brasileiros. Os dados foram analisados por meio de estatísticas descritivas e análise de regressão múltipla. Resultados: Os resultados mostraram que o modelo híbrido de trabalho é preferido pelos participantes e que existe um desalinhamento entre tais preferências e o regime de trabalho atual. Além disso, com relação à modalidade de trabalho atual, foi possível identificar correlações significativas com a percepção de equilíbrio entre vida pessoal e profissional e a intenção de rotatividade, indicando que os profissionais que trabalham mais dias de forma remota percebem um maior equilíbrio e estão menos inclinados a deixar suas organizações. Também foi possível identificar uma correlação positiva e significativa entre a modalidade de trabalho atual e o engajamento, sugerindo que os profissionais que trabalham mais dias de forma presencial são mais engajados. Limitações: A amostra foi obtida por conveniência, de forma que os resultados não podem ser generalizados para o conjunto de trabalhadores brasileiros. Aplicabilidade do trabalho: Os resultados contribuem para o entendimento das preferências de trabalhadores em relação ao teletrabalho, no contexto pós-pandemia do Covid-19. Contribuições para a sociedade: Os resultados podem orientar organizações na definição da modalidade de trabalho que promova não apenas o engajamento e a retenção, mas também um melhor equilíbrio entre vida pessoal e profissional de seus empregados.
  • Item
    O design como diferencial competitivo dos negócios e sua influência no processo de decisão de compra dos consumidores: uma visão de designers e empresários brasileiros
    (2023-09-06) Rocha, Daniel Ribeiro Cardoso
    Objetivo - Esta pesquisa destinou seu foco em compreender como o design pode ser utilizado como diferencial competitivo pelas empresas, de como estas implantam uma cultura de design em suas estratégias, e como o design conecta os consumidores às organizações. Metodologia – Para isto, em primeiro lugar, uma revisão teórica da literatura sobre os temas Design e Estratégia de Negócios. Em segundo lugar, uma pesquisa qualitativa foi escolhida pelo autor, a partir da realização de 10 (dez) entrevistas em profundidade com atores formadores de opinião no campo do Design brasileiro. Os dados coletados pelas entrevistas foram analisados pela técnica de análise de conteúdo. Resultados - Como resultado, chegou-se à conclusão de que o design tem grande influência no sucesso das empresas, que seus atributos estão relacionados a emoções, inteligência, projeto e pensamento. Também foi possível estabelecer uma relação direta quanto a visão de uma cultura de design na estratégia das empresas, quando estas têm a capacidade de diferenciação, promoção de soluções e foco centrado no ser humano. Foi possível observar também, a partir da ótica dos entrevistados, que o design possuí a capacidade de influenciar consumidores, conectá-los e fidelizá-los às marcas. Contribuições práticas – Sobre o aspecto da contribuição no campo da gestão empresarial, esta pesquisa tem a capacidade de orientar empreendedores e empresas a respeito dos benefícios que podem ser colhidos a partir da implantação de uma cultura de design nos negócios.
  • Item
    Human and chatbot interactions in customer service
    (2023-08-02) Lorençoni, Bianca Otília
    Este estudo analisa atitudes a priori e satisfação do consumidor a posteriori em interações com chatbots e humanos em contextos de atendimento ao cliente. O estudo foi conduzido por meio de um questionário e experimento online com 217 participantes, que foram aleatoriamente designados para avaliar um de oito cenários de atendimento ao cliente e, em seguida, indicaram seu nível de satisfação com o serviço hipotético que variava quanto ao tipo de serviço (chatbot vs. humano), estágio do consumo (pré-compra vs. pós-compra) e eficácia do serviço (eficaz vs. não eficaz). Os participantes também foram questionados sobre suas preferências gerais de interação com humanos ou chatbots. Os resultados mostraram que os participantes preferem em grande parte interações com humanos, e não há evidência estatística de diferença na satisfação com o serviço entre humanos e chatbots, dependendo do estágio da jornada do cliente ou da eficácia objetiva da comunicação.
  • Item
    Competências individuais do controller e o seu papel no âmbito das inovações de processo e administrativas: estudo de caso em uma instituição de ensino superior
    (2023-10-31) Neves, Priscila de Oliveira
    Objetivo – Este estudo tem como objetivo final analisar as contribuições das competências individuais do Controller no âmbito das inovações de processo e administrativas, aprofundado por estruturas de mecanismos de aprendizagem e de competências adaptadas. Metodologia – A presente pesquisa, de natureza qualitativa, caracteriza-se como um estudo de caso único, de caráter descritivo exploratório. A coleta de dados foi orientada por múltiplas fontes e contou com técnicas distintas: aplicação de questionários com os sujeitos de pesquisa envolvidos diretamente com o fenômeno estudado, selecionados a partir da técnica intencional e documentos da OCDE, do IMA e CGMA, e da IES/controladoria objeto deste estudo. Resultado – Evidências apontam que os controllers da Instituição de Ensino Superior pesquisada atendem a três competências (Competências Técnicas, Competências de Negócios e Competências de Liderança) e em duas competências (Competências Digitais e Competências Pessoais) estão em níveis inferiores ao esperado pelos agentes validadores, Superintendente de Controladoria e do Gerente de Projetos externo, no que tange às inovações de processo e administrativa. Quanto aos mecanismos de aprendizagem, houve pouca incidência de subprocessos presentes e, por isso, não há evidências que corroborem com o desenvolvimento das competências individuais. Limitações – Por se tratar de um estudo de caso, a pesquisa limitou no volume de respondentes, sendo 11 profissionais de controladoria convidados e 10 responderam ao questionário Estrutura de Competências. Quanto ao questionário Mecanismos de Aprendizagem, limitou-se a aplicá-lo a dois agentes que participaram da implementação de uma inovação de processo e administrativa no período de 2021 a 2023. Isso se reflete na singularidade dos achados para o caso em estudo, não sendo comparável a pesquisas semelhantes realizadas em contextos diferentes. Contribuições práticas – Espera-se que os resultados encontrados na presente pesquisa sirvam de subsídio para orientar os controllers, auxiliando-os na construção de suas competências no âmbito das inovações de processo e administrativas, e no desenvolvimento de formas de utilizar os mecanismos de aprendizagem, não apenas para troca de informação, mas também para criar benefícios tangíveis para organização e para a sociedade. Contribuições sociais – Ao compreender os aspectos das competências individuais do Controller e os mecanismos de aprendizagem no setor educacional, mais especificamente, das instituições de ensino superior. Originalidade – O trabalho contribui no sentido ampliar e fomentar estudos sobre as competências individuais do Controller e os mecanismos de aprendizagem no âmbito das inovações de processo e administrativas, que, pela análise realizada para o desenvolvimento desta pesquisa, constitui-se um campo temático ainda pouco explorado.
  • Item
    De volta para casa: expectativas de carreira de repatriados de grandes empresas multinacionais
    (2023-10-17) Freitas, Raquel da Silva
    Objetivo: Esta pesquisa teve por objetivo investigar o processo de repatriação de profissionais brasileiros que atuam em grandes empresas multinacionais, analisando como se deu a adaptação no retorno ao Brasil e os resultados da repatriação, tanto em termos pessoais quanto profissionais. Metodologia: Para atingir os objetivos propostos, foi conduzido um estudo qualitativo com propósito exploratório. Participaram da pesquisa 10 profissionais brasileiros, com formação superior, de ambos os gêneros, cuja expatriação foi de um ano ou mais. Os resultados foram analisados a partir do método de análise de conteúdo. Resultados: Os resultados do estudo mostraram que a expatriação foi uma experiência positiva para os participantes, tanto pessoal quanto profissionalmente. Com relação à carreira, verificou-se que todos os expatriados desenvolveram novas competências durante sua missão no exterior e que a maioria cresceu profissionalmente após o retorno ao país de origem. No entanto, cumpre apontar que alguns participantes expressaram frustração, especialmente em relação às suas expectativas em termos de progressão de carreira e/ou das funções desempenhadas após o retorno. Limitações: A autora passou por processo de expatriação por quatro anos, o que pode ter influenciado a interpretação dos resultados. Aplicabilidade do trabalho: Espera-se que os resultados deste estudo possam contribuir para o entendimento do papel das experiências internacionais de longo prazo sobre o desenvolvimento de carreira dos profissionais. Contribuições para a sociedade: O estudo busca ampliar a discussão sobre o processo de repatriação, tema relativamente menos estudado na literatura, e sua relação com o desenvolvimento de carreira dos profissionais que viveram esta experiência.
  • Item
    The influence of governance and institutional arrangements on the SLO a comparative analysis between mining in Canada and Brazil
    (2023-06-28) Licoppe, Zachariah
    Propósito: Esta pesquisa busca entender quais fatores impactam a responsabilidade social na indústria da mineração. O objetivo desta pesquisa é determinar como governos e instituições influenciam a responsabilidade social das empresas, comparando o Canadá e o Brasil. Metodologia: O estudo utiliza uma abordagem qualitativa por meio de entrevistas semiestruturadas. As entrevistas são conduzidas com especialistas que trabalharam na indústria da mineração. O processo de entrevista envolve fazer um conjunto de 5 perguntas sobre responsabilidade social com o objetivo de compreender quais fatores influenciam a decisão de uma empresa em buscar uma licença social para operar. Resultados: Os resultados revelaram que o impacto da governança e dos arranjos institucionais na busca de uma licença social para operar difere entre o Brasil e o Canadá. No Canadá, eles buscam capacitar as comunidades de mineração, enquanto no Brasil muitas vezes não conseguem fazê-lo. Implicações: Os resultados implicam que a busca de uma licença social para operar não se baseia exclusivamente na relação entre uma empresa de mineração e sua comunidade. Tanto instituições privadas quanto públicas podem incentivar as empresas por meio da implementação de políticas e da fiscalização. Para as empresas, este estudo demonstra como esses arranjos podem distorcer a busca de uma SLO. Para os formuladores de políticas, este estudo mostra possíveis áreas de melhoria.
  • Item
    Efeitos da robotização dos processos administrativos na percepção das rotinas de atividades no desenvolvimento de technostress
    (2023-11-21) Braga, Agustinho Menegazzi
    Esta dissertação explora a relação entre a robotização em processos administrativos e a manifestação do Technostress em uma indústria do setor sucroalcooleiro. Utilizando uma metodologia descritiva e qualitativa com entrevistas, identificou-se que o Technostress não é diretamente causado pelo uso de tecnologia, mas pela necessidade de reverter para processos manuais em caso de falhas tecnológicas. As limitações do estudo incluem seu foco em apenas uma empresa, o que pode afetar a generalização dos resultados. Este trabalho contribui para a compreensão dos impactos da robotização no bem-estar dos colaboradores, oferecendo insights para a gestão de inovações tecnológicas nas organizações.
  • Item
    Uma análise da escala de liderança autêntica por meio de modelos de análise fatorial confirmatória linear e teoria da resposta ao item
    (2012-08-13) Nunes, Mariana Pereira
    A mensuração de traços latentes é assunto de interesse de diferentes áreas de estudo, como educação, psicologia e administração. Seu caráter não observável torna significativamente complexa a tarefa de mensurar o objeto de estudo destas áreas. Contudo, nas últimas décadas psicometristas se dedicaram ao desenvolvimento de uma família de modelos de mensuração, chamada teoria de resposta ao item (TRI), que apresentam uma série de vantagens psicométricas como, por exemplo, medidas do traço latente independentes da amostra de respondentes e dos itens que compõem a escala, medidas de confiabilidade distintas para diferentes níveis do traço latente e maior poder na identificação de itens viesados. Embora as pesquisas sobre psicologia e educação já utilizem amplamente esta metodologia, o mesmo não acontece nas pesquisas sobre administração, que, geralmente, são baseadas em modelos tradicionais de mensuração, como a análise fatorial confirmatória linear (CFA linear), apesar das evidências da superioridade da TRI.Uma área da administração que tem demonstrado crescente interesse no processo de mensuração de seus construtos e destacado a importância da compreensão das suas propriedades psicométricas é a liderança. Especificamente estudos sobre liderança autêntica ganharam força nos últimos anos e a sua mensuração é um tópico de crescente interesse. No entanto, assim como acontece nas demais áreas da administração, a maioria deles se baseia em algum método de análise fatorial linear (exploratória e confirmatória).Devido à atenção que a teoria de resposta ao item tem recebido nos últimos anos, às vantagens psicométricas que ela proporciona e à sua pouca utilização em pesquisas sobre administração, o objetivo deste trabalho é apresentar esta família de modelos e compará-la com um modelo de mensuração mais tradicional, como CFA linear. Além disso, para ilustrar as comparações e os benefícios proporcionados pela TRI, modelos de TRI e modelos de CFA foram aplicados à uma escala de liderança autêntica, que foi escolhida porque tem despertado crescente interesse e demandado um melhor entendimento do construto e à sua mensuração, que é uma atividade fundamental no processo de construção de conhecimento.