FGV EMAp - Vídeos

Navegar

Submissões Recentes

Agora exibindo 1 - 8 de 8
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Epidemias no Brasil
    (FGV EMAp, 2018-12-16) Massad, Eduardo
    O Bate-Papo FGV fala sobre “Epidemias no Brasil" com o médico epidemiologista Eduardo Massad, professor e pesquisador da Escola de Matemática Aplicada da FGV EMAp - Escola de Matemática Aplicada.
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Epidemias e doenças respiratórias mais comuns no inverno
    (FGV EMAp, 2019-08-19) Struchiner, Claudio José
    A cada nova estação, o vírus influenza, mais conhecido como vírus da gripe, sofre inúmeras mutações e ataca o organismo de forma cada vez mais agressiva. Por diversos motivos, como desinformação e crenças religiosas, grande parte da população brasileira e mundial não se imuniza contra as doenças. Para falar sobre esse cenário preocupante, convidamos o pesquisador e médico epidemiologista Claudio Struchiner, da FGV EMAp.
  • Imagem de Miniatura
    Item
    A epidemia do coronavírus
    (FGV EMAp, 2020-03-02) Struchiner, Claudio José
    O mundo está em alerta com a epidemia do coronavírus. Apesar da doença já estar em uma fase de estabilização na China, onde começaram os primeiros casos, na cidade de Wuhan, a epidemia já atingiu diversos países. Para falar sobre a contaminação e as formas de combater a doença, conversamos com o pesquisador e médico epidemiologista Claudio Struchiner, da FGV EMAp.
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Prevenção de epidemias de verão
    (FGV EMAp, 2020-03-11) Codeço, Flavio
    Todo verão é a mesma coisa: voltam muitas das epidemias que assombram diversas regiões do país no período mais quente e úmido do ano. Dengue, chikungunya e demais doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti são as mais comuns. Como existem diversos sorotipos de dengue, o entrevistado, pesquisador Flavio Codeço, da FGV EMAp, explica que este verão existe uma maior proliferação do sorotipo 2, um tipo de dengue que não aparecia há 10 anos. Como medida de prevenção é preciso que as pessoas contribuam com ações simples, como uso de repelente e verificar se existem casos de dengue na vizinhança para avisar agentes públicos, por exemplo.
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Como o ensino pode alcançar e transformar jovens talentos
    (FGV EMAp, 2020-03-18) Camacho, César
    Alunos geniais de escolas públicas de diversas partes do país, das zonas mais rurais às grandes metrópoles. Esses estudantes, primeiros colocados na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, são convidados a fazer Vestibular para a FGV. Os primeiros colocados, que poderiam ser grandes talentos desperdiçados por morarem em locais distantes e, muitas vezes, com difíceis condições financeiras, recebem apoio e bolsa da FGV. Com esse incentivo, logo se destacam no primeiro ano nas Escolas de Matemática, Economia, Administração e Ciências Sociais. A maioria já cursa o mestrado junto com a graduação. Saiba mais sobre esse incentivo ao ensino na entrevista com o responsável pelo projeto: César Camacho, diretor da FGV EMAp e da FGV CDMC.
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Inovações em Data Science
    (FGV EMAp, 2019-09-04) Saporito, Yuri Fahham
    Cada vez mais temos a influência da Ciência de Dados no nosso dia a dia. A inteligência artificial está presente nas inovações da medicina, na indústria, no setor de óleo e gás, nas redes sociais, na tomada de decisão de grandes empresas e em diversas áreas. Para conversar sobre as novidades em Data Science e sobre o lançamento de uma graduação inovadora em Ciência de Dados na Escola de Matemática Aplicada da FGV, convidamos o pesquisador Yuri Saporito.
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Impactos da COVID-19: O uso da inteligência artificial na mitigação da epidemia
    (FGV EMAp, 2020) Souza, Renato Rocha
    O uso da inteligência artificial, simulações computacionais e os modelos matemáticos têm sido grandes aliados no combate à pandemia. Essas ferramentas tecnológicas são utilizadas para diminuir picos de infectados em determinado momento, que poderia comprometer os sistemas de saúde, por exemplo. Na China, o sofisticado sistema de monitoramento facial utilizado na população fez com que se identificassem quais pessoas circularam em determinados locais e com quem tiveram contato para encontrar possíveis contaminados pelo vírus. Quem explica o assunto é o pesquisador Renato Rocha Souza, da Escola de Matemática Aplicada da FGV.
  • Imagem de Miniatura
    Item
    Aplicação da inteligência artificial no trabalho do pesquisador
    (FGV, 2017-09-28) Rocha, Alexandre Luís Moreli; Souza, Renato Rocha
    O Bate-Papo FGV de hoje convida Alexandre Moreli, Coordenador do Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais da FGV CPDOC; e Renato Souza Rocha, professor e pesquisador da FGV EMAp