Projetos de Pesquisa Aplicada - Destaques de 2017

Navegar

Submissões Recentes

Agora exibindo 1 - 1 de 1
  • Item
    Destaques dos Projetos de Pesquisa Aplicada - 2017
    (2018)
    A Fundação Getulio Vargas (FGV), fundada em 1944 no Rio de Janeiro, Brasil, tem a missão de contribuir para o desenvolvimento socioeconômico do país por meio de seus cursos de graduação e pós-graduação e do desenvolvimento de pesquisas inovadoras com alto impacto social. Com 10 escolas, cerca de 70 centros de pesquisa, um instituto de pesquisa, uma unidade de educação executiva, uma unidade de assessoria técnica e uma editora, a FGV foi considerada um dos 10 mais importantes think tanks no mundo em 2017. Além de ocupar a sétima posição no mundo na classificação geral de think tanks, foi também considerada a melhor instituição dessa categoria das Américas do Sul e Central e a 10a instituição no mundo com foco na produção de pesquisa aplicada com efetivo impacto na implementação de políticas públicas. Em especial na área de políticas sociais, a FGV ocupa a quinta posição no mundo. A qualidade e o impacto das pesquisas da FGV têm como base uma forte rede de pesquisadores, trabalhando de forma multidisciplinar nas áreas de economia, ciências sociais, direito, administração pública e de empresas, além de matemática aplicada. Essa rede de pesquisadores conta com cerca de 700 professores da FGV e um número pelo menos igual de pesquisadores, em outras áreas de conhecimento e instituições de ensino e pesquisa no Brasil e no exterior. De acordo com o Plano Institucional de Internacionalização da FGV, essa rede tem foco na produção científica, com ênfase nos temas de relações internacionais, cultura e sociedade, competitividade empresarial, estado democrático de direito, Estado, governo e políticas públicas eficientes e desenvolvimento econômico e social. Vale ressaltar que esses temas refletem as competências dos pesquisadores da FGV e as demandas da sociedade indicadas pelas agências financiadoras nacionais e internacionais. A título exemplo, vale mencionar que a FGV foi a responsável inicial pelo cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e dos primeiros índices de inflação do país.