FGV DINT - Programa Latino-Americano de Governabilidade, Gerência Política e Gestão Pública

O Programa Latino-Americano de Governabilidade, Gerência Política e Gestão Pública foi criado pelo CAF -banco de desenvolvimento da América Latina, em parceria com a George Washington University, e implementado em diversos países da região por meio de parcerias com universidades locais. No Brasil, o programa é desenvolvido com exclusividade pela FGV. Seu objetivo é formar líderes aptos em promover o desenvolvimento sustentável, com visão estratégica e eficácia pública. Como requisito de conclusão do programa, são desenvolvidos projetos com propostas de soluções concretas para problemas locais, disponíveis nesta coleção.

Navegar

Submissões Recentes

Agora exibindo 1 - 20 de 32
  • Item
    Políticas públicas em saúde: organizações sociais
    (2023) Nascimento, Bárbara do; Machado, Desirée Silva de Queiroz; Gomes, Luana Nunes; Ramos, Maria Carolina; Brilhante, Tércio Aragão
  • Item
    Cidadania e gestão pública participativa: orçamento público participativo
    (2023) Freitas, Claudio Luiz de; Flores, Raquel; Rufino, Regina; Paula, Silmara Helena de
  • Item
    Otimização e utilização de espaços públicos: os centros esportivos da cidade de São Paulo
    (2023) Silva, Egnaldo de Souza; Sales, Luiz Francisco de; Gonçalves, Pedro Antônio
  • Item
    Requalificação sustentável de imóveis degradados para novos projetos socioculturais
    (2023) Wakabayashi, Mahíra; Francisco, Marina; Hernandes, Meire; Hartmann, Patrícia; Andre, Pedro; Silva, Rosangela; Barros, Silvia
  • Item
    Estruturação da gestão de resíduos da construção civil no município do Rio de Janeiro
    (2023) Ravagnani, Cíntia; Barros, Débora; Furtado, Eduardo; Mara, Fernanda; Dudek, Giandrei; Antonaccio, Luiza; Lyra, Mariana
  • Item
    Primeira Infância em Ação
    (2022-03) Ferreira, Fernando Eduardo Faleiros; Pacheco Neto, Francisco de Campos; Nery, Marcella P.; Urata, Viviane
  • Item
    Projeto para facilitação de acesso à água no Brasil: procedimentos para acesso aos recursos do programa cisternas
    (2022-03) Azevedo, Helena Andrade Teixeira; Poente, Mariana Lessa de Almeida La
    O presente projeto se propõe a estipular procedimentos necessários para facilitar o acesso de munícipes aos recursos do programa federal “Programa Cisternas”. Assim, a proposta é oferecer os procedimentos necessários para que secretarias municipais fomentem, orientem e acompanhem munícipes nas requisições de participação no programa. Com isso, será possível aumentar o número de famílias atendidas com a infraestrutura necessária para coleta e armazenamento de água das chuvas através da construção de cisternas. A partir do eixo temático “Gestão Pública, Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social” o grupo elaborou uma proposta de política pública municipal que visa facilitar o acesso à água em diferentes municípios brasileiros. Alinhando a proposta aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS) o projeto tem por objetivo garantir o acesso à água para famílias e grupos vulneráveis através dos recursos disponibilizados pelo governo federal. Portanto, com a coordenação de grupos de trabalho municipais torna-se possível catalisar o processo de inscrição de cidadãos no Programa Cisternas, colaborando com a luta contra a escassez e a má distribuição de água no país.
  • Item
    Cidade inteligente, cidade segura
    (2021) Borges, Karla Albuquerque de Vasconcelos; Santos, Maurício Albuquerque; Filgueiras, Otávio Almeida Cunha; Rates, Rodrigo de Oliveira; Pereira, Sergio Luiz Bresser Gonçalves
  • Item
    Parceria público-privada com prestadores de pequeno porte como solução de expansão da internet banda larga e 5G de qualidade
    (2022) Dantas, Barbarah da Silva; Toyoshima, Daniela; Fernandes, Thiago Albuquerque
    O objetivo da presente proposta é apresentar uma modelagem de Parceria PúblicoPrivada que contenha atrativo para que os denominados Prestadores de Pequeno Porte (PPPs) se interessem na viabilização da infraestrutura de internet de qualidade para as diversas localidades municipais brasileiras, inclusive com estruturação e adequação para a tecnologia 5G.
  • Item
    Trabalho remoto no serviço público municipal: proposta de estratégia para implementação
    (2022) Tomazetti, Andre Luiz Dias; Costa, Eliete Cristina Rezende; Silva, Ismael Deyber Oliveira
  • Item
    Inovação e empreendedorismo
    (2022) Golfeto, Carolinne; Zahran, Cecilia; Melo, Cibelle Queiroz de
    Este presente trabalho consiste na entrega final do projeto do 5º Programa LatinoAmericano em Governabilidade, Gerência Política e Gestão Pública da Fundação Getúlio Vargas em parceria com o CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina. Irá ser tratado, ao longo deste projeto, sobre a contextualização inicial do problema proposto, definição da situação problema, objetivo da intervenção proposta com base no problema identificado, benchmarking realizado, stakeholders definidos, situação desejada, atividades a serem desempenhadas, cronograma e considerações finais acerca do trabalho, dentro do tema de Inovação e Empreendedorismo no Setor Público. Entende-se que estruturar cada uma destas etapas é essencial para um bom desenvolvimento da proposta, que permitirá a compreensão da intervenção apresentada, a qual será capaz de proporcionar um real impacto positivo no setor público.
  • Item
    A implantação do Programa de Locação Social de forma eficiente no centro da Cidade do Rio de Janeiro
    (2022) Benevides, Moisés Souza; Stefenon, Rita Valéria M.; Costa, Sandra Regina F. da
  • Item
    Recuperação da aprendizagem no ensino médio: mitigando os efeitos da pandemia de COVID-19
    (2022) Fernandes, Carolina; Vázquez, Larissa Agune; Bizzotto, Patrícia; Pimenta, Rodrigo da Silva; Borges, Tomás Paixão
    A pandemia de COVID-19, iniciada em março de 2020, teve um grande impacto sobre os sistemas educacionais no mundo, uma vez que as medidas de isolamento social levaram ao fechamento de escolas e suspensão das aulas presenciais. O Brasil foi um dos países em que escolas ficaram fechadas por mais tempo, aprofundando o déficit educacional na rede pública e levando a uma perda de aprendizagem significativa. O presente trabalho busca contribuir com os esforços de recuperação da aprendizagem do estado de São Paulo ao propor projeto de aceleração da aprendizagem nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática apoiado por tecnologias educacionais e direcionado aos alunos do Ensino Médio. O avanço das tecnologias educacionais e o uso de ferramentas de inteligência artificial permitem o ensino personalizado em escala, com diagnóstico de lacunas de aprendizado e aceleração de aprendizagem ao indicar atividades e conteúdo que o aluno possa interagir autonomamente. Dada à urgência da recuperação da aprendizagem, o projeto propõe a identificação de EdTechs que tenham soluções compatíveis e robustas a fim de desenvolver uma parceria com a Secretaria de Educação de São Paulo com o apoio de organizações do terceiro setor na área de educação.
  • Item
    Controle social
    (2022) Paz, Eduardo José Fernandes da; Bueno, Fabio Pereira; Cocco Junior, José Guimar; Ribeiro, Karla de Paula; Correia, Normélia Maria Rocha
  • Item
    Incluindo MPEs de cidade de baixo IDH em uma nova matriz econômica: poder público, sociedade civil e a integração a grande empreendimento
    (2022) Araújo, Aline Louise Queiroga de; Chaves Junior, Antonio Everton; Barros, Eduardo Inojosa Gonçalves de; Fernandes, Rafael Martins Dias; Mourad, Tarek Jihad
    As micro e pequenas empresas (MPEs) possuem um importante papel no desenvolvimento e na geração de empregos, mas dependem muito do mercado e da economia local. Dessa forma, o trabalho busca apresentar a situação das MPEs na cidade de Santo Antônio dos Lopes, no estado do Maranhão, e o impacto da chegada de uma grande empresa no contexto de um município relativamente pobre. Ainda, analisa os mecanismos de qualificações das MPEs locais para que possam participar dos processos competitivos realizados com a chegada da nova empresa e dos grandes investidores. Assim, são elencados os diversos programas de apoio ao desenvolvimento destas empresas e de que forma colaboram para o processo, após, são abordados os atores interessados no problema e o seu papel na política pública, passando então para uma abordagem da situação desejada. Finalmente, é exposta a proposta a ser executada, bem como as ações e metas necessárias para alcançar o objetivo final.
  • Item
    Chatbot para acesso de usuários às informações sobre o transporte público no município de São Paulo
    (2021) Carvalho, Ana Teresa Siqueira; Pasquarelli, Bruno Vicente Lippe; Farias, Débora Castro Cordeiro de
    O presente trabalho tem como proposta principal comunicar, por meio de um Chatbot via Whatsapp, informações sobre o transporte público (ônibus, metrô, trens, bicicletários, transporte fluvial, etc) no município de São Paulo. A estratégia adotada para a solução do problema consiste na organização dos dados relacionados ao transporte público, permitindo que seja oferecido ao usuário informações precisas sobre a maneira mais rápida e eficaz de se locomover na cidade. É parte desta estratégia o atendimento ao usuário por meio de um conjunto de perguntas simples, as quais serão feitas pelo Chatbot de maneira a facilitar as interações do usuário dentro desta ferramenta.
  • Item
    Cultura em reconexão: suporte ao teatro e música ao vivo na reabertura da cidade do Rio de Janeiro
    (2021) Ferreira, Alexandre Rebêlo; Gottschalk, Susana Cristina Gomes Maia; Crivelaro, Stefanie de Arruda
    O Projeto Final tem por objetivo a elaboração de propostas de políticas e ações para preservar o capital imaterial da cultura e da economia criativa (especificamente das atividades teatrais e de música ao vivo) diante dos graves impactos e desequilíbrios decorrentes da pandemia da COVID-19. A visão de futuro está concentrada na elaboração de um Edital Público para a seleção de artistas e para a utilização de espaços de shows e teatros no Município do Rio de Janeiro que estão obsoletos ou subutilizados para a realização de eventos que tenham como atração principal artistas menos conhecidos, utilizando, para isso, produtores e trabalhadores do setor, também prejudicados, para a organização e realização dos eventos. Tudo isso por meio de financiamento público e auxílio da Prefeitura do Munícipio do Rio de Janeiro, do Governo Estadual e do patrocínio de empresas privadas que tenham interesse em fazê-lo. A fim de assegurar a valorização dos artistas e a adequada utilização dos espaços, o projeto engloba, também, a mobilização dos organizadores e dos entes da Administração Pública para ofertar condições e incentivar os moradores das comunidades carentes mais próximas a tais espaços a participarem dos eventos a serem realizados, assegurando, consequentemente, um maior acesso à cultura.
  • Item
    Como promover o envelhecimento ativo de forma a prevenir a institucionalização da população idosa?
    (2021) Pesaro, Antônio Floriano Pereira; Marcondes, Cinira; Cabral, Fabio Rafael Valente; Melo, Gabriel; Meyer, Guilherme; Coelho, Milene
    O envelhecimento populacional implica na acentuação das desigualdades entre países desenvolvidos e em desenvolvimento, bem como entre pobres e ricos em um mesmo país. O número de idosos representa 13% da população brasileira e pode dobrar de tamanho nas próximas décadas. Em cidades periféricas como Diadema (SP), pessoas idosas sem aposentadoria e vínculos sociais e familiares ficarão desassistidas, uma vez que a oferta de vagas em ILPIs (Instituto de Longa Permanência) não acompanhará a mudança demográfica. O percentual da população com 60 anos ou mais em Diadema, chegará, dentro de 30 anos, a 26,7%, levando a uma pressão sobre o sistema público e agudizando a vulnerabilidade das pessoas idosas e suas famílias. Dessa forma, a proposta do trabalho é desenvolver um programa para promoção do envelhecimento ativo com a manutenção do papel social do idoso, sua independência e vínculos, prevenindo a internação em ILPIs. Esse programa se operacionalizaria a partir de um aplicativo comunitário e colaborativo construído com base numa política pública intersetorial e interinstitucional. Essa ferramenta formaria uma rede de apoio de moradores voluntários nos territórios às pessoas idosas em vulnerabilidade por meio de ferramenta tecnológica com usabilidade que leve a uma diminuição na necessidade de institucionalização dos idosos em Diadema.
  • Item
    Transparência, gestão orçamentária e eficiência no setor público
    (2021) Brito, Amanda Soares de; Tambucci, Layna Aparecida Bueno Ghirardello; Barreto, Natasha Slhessarenko Fraife; Grossmann, Thaissa Moraes; Oliveira, Vera Regina Martins de
    O objetivo do presente trabalho é propor um instrumento que permita uma maior transparência do orçamento público para cidadãos e gestores públicos, como boas práticas a serem seguidas e compartilhadas em diversos grupos. Isso será feito por meio de uma pesquisa sobre ferramentas de apoio para compreensão do orçamento público como forma a torná-lo mais transparente para jovens de 19-35 anos, de comunidades do Estado do Rio de Janeiro. Como solução encontrada para o problema mencionado, o grupo propõe a criação de uma cartilha explicativa, trazendo informações de fácil acesso, adequada à linguagem e contexto de distintos grupos de cidadãos, permitindo ambientes (virtuais) de interação e debate. Para uma melhor compreensão das necessidades do público-alvo, o grupo sugere fazer imersão com o mesmo, com o intuito de entender qual linguagem mais conectado com a sua realidade. Além disto, o projeto visa parceria com ONGs locais para se comunicar com público-alvo e ajudar a Organização à disseminar informações relevantes para a mesma em diferentes grupos. Esse trabalho é um passo para estimular essa maior transparência por parte do governo, e para fortalecer as escolhas do cidadão via a disponibilização de ferramentas.
  • Item
    Acolhimento Virtual: uma estratégia de acesso à saúde em Joinville-SC durante e pós pandemia.
    (2021) Safanelli, Juliana; Costa, Nayara Raphaela Souza; Fagundes, Rogerio Vitalino
    A COVID-19 tornou-se uma pandemia com grande impacto na saúde mundial, e desde seu início observamos no Brasil uma preocupação de médicos e autoridades com a redução da qualidade do atendimento às demais condições de saúde devido as restrições impostas pela pandemia. Após 40 dias do primeiro caso de COVID-19 em Joinville (17/03/20), foi identificado pelo Registro epidemiológico de AVC do município uma redução nas internações por AVC e um aumento nos casos de AVC hemorrágico em pacientes que usavam anticoagulante e que tiveram seus exames e consultas suspensas por causa da pandemia. Este cenário mostrou que os pontos de atenção à saúde precisavam ser rapidamente repensados. Percebe-se que pela primeira vez em sua história a humanidade dispõe de recursos tecnológicos tão avançados que poderiam auxiliar nessa questão de acesso e, começam a utilizar ferramentas que a algum tempo estavam sendo estudadas, entre elas a telemedicina, que foi institucionalizada, a partir da publicação da Lei nº 13.989, de 15 de abril de 2020, que “Dispõe sobre o uso da telemedicina durante a crise causada pelo coronavírus (SARS-CoV-2)”, e então surge uma possibilidade de expandir para outros atendimentos represados pela pandemia. Proposta: A partir das regulamentações já existentes e do modelo de acolhimento presencial (Ministério da Saúde), estabelecer, um modelo de acolhimento remoto (virtual) para ampliar o atendimento aos pacientes crônicos em Joinville-SC. OBJETIVO: Criar um acolhimento virtual via teleatendimento para os pacientes crônicos (HAS e DM), para limitar a sobrecarga do sistema hospitalar, decorrente de complicações secundárias a estas condições. O atendimento remoto passa a ser mais um canal de escuta qualificada e seguirá as diretrizes do Programa Melhor Acolher na APS que prevê: facilitar a entrada, recepção resolutiva e escuta qualificada para ampliação do acesso. Neste projeto serão utilizadas ferramentas como; telefone, whatsApp e chat, parte dessa estrutura está ativa com uma equipe de médicos e enfermeiros para COVID-19 e nossa proposta é incluir agentes de saúde nessa equipe e ampliar para melhor acolher os usuários.