Poder concedente e marco regulatório no saneamento básico