A indústria de serviços financeiros e o crescimento econômico: uma aplicação de regressão quantílica

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2017-08-09
Orientador(res)
Rochman, Ricardo Ratner
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Este trabalho tem o objetivo de analisar teórica e empiricamente a relação positiva existente entre desenvolvimento da indústria de serviços financeiros e crescimento econômico e, a partir desses resultados, refletir a importância dessa indústria para o crescimento econômico brasileiro. A indústria de serviços financeiros influencia o crescimento econômico devido às funções que seus agentes desempenham no sistema financeiro, tais como: a) mobilização de recursos; b) alocação dos recursos no espaço e no tempo; c) administração do risco; d) seleção e monitoramento de empresas; e) produção e divulgação de informação. Por isso, esse trabalho também tem como propósito contribuir com uma revisão histórica da indústria de Serviços Financeiros no Brasil até os dias atuais, colaborando com a literatura acadêmica das linhas de pesquisa sobre essa indústria. Para analisar a correlação relatada em tantas literaturas econômicas, decidiu-se por aplicar a técnica de Regressão Quantílica, a partir de dados de 81 países, o que permitiu uma análise da influência positiva gerada pelos indicadores de desenvolvimento do sistema financeiro e seus agentes na distribuição condicional da variável resposta (medidas de crescimento econômico). As estimativas obtidas permitem concluir: há uma relação positiva entre uma indústria de serviços financeiros desenvolvida e crescimento econômico. E nossa conclusão é que o Brasil possui uma madura e crescente indústria de Serviços Financeiros, e segundo os resultados empíricos desse estudo; esse segmento é um importante contribuinte para o crescimento econômico brasileiro.


Descrição
Área do Conhecimento