Candidatos a prefeito batem em Cunha e desviam de Lula nas redes sociais

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2016-09-15
Orientador(res)
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Levantamento exclusivo feito pela Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (DAPP/FGV) para a Agência Lupa indica que, entre os dias 8 e 15 deste mês, houve 470 mil menções à Operação Lava-Jato no Twitter, sendo 290 mil delas só na última quarta-feira, dia 14, quando o ex-presidente foi denunciado. Os números analisados pelos especialistas revelam a dimensão do debate - e o protagonismo sem par do ex-presidente. Enquanto Lula foi mencionado 217 mil vezes, Cunha teve apenas 43 mil citações no mesmo período. Chamou a atenção o número de menções à figura do procurador da República, Deltan Dallagnol. Ele teve 39 mil citações no Twitter na última semana. Suas apresentações e seus slides sobre Lula foram alvo de 8.300 comentários. Em grande parte irônicos, críticos. Com isso, Dallagnol ficou (bem) à frente da ex-presidente Dilma Rousseff (que teve 26 mil menções) e do juiz federal Sérgio Moro (com 25 mil menções na semana).


Descrição
Área do Conhecimento