A serviço da coletividade: crítica à sociologia das profissões