Integração das construções e cidades sustentáveis

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2020-05
Orientador(res)
Fernandes, Gustavo Andrey de A. L.
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

De acordo com o documento “Desencadeando o Potencial do Crescimento Urbano” da ONU, a população mundial urbana superou, a partir de 2007, a população que vive na área rural. Consequentemente, a sustentabilidade global passa pelos desafios ambientais, sociais e econômicos nas cidades que são enfrentados pela proposta de desenvolvimento sustentável idealizada pela ONU: Agenda 2030, contemplando inclusive um Objetivo de Desenvolvimento Sustentável denominado ODS 11 Cidades Sustentáveis. Na medida em que este ODS 11 possui metas a serem cumpridas, priorizou-se a escolha da 11.c Construções Sustentáveis, dentre todas as outras, para compreender de que maneira a construção sustentável integra a proposta da construção da cidade sustentável idealizada pela Agenda 2030. Para entender essa integração delineou-se uma pesquisa qualitativa buscando explorar dados da ONU, do Munício de São Paulo, de Organizações sociais e do estudo de caso de um edifício a fim de compreender e interpretar de que maneira o ODS 11 Cidades Sustentáveis se relaciona localmente com a construção sustentável. Observou-se que o processo de construir novas edificações, um dos elementos estruturantes das cidades, pode impactar, positivamente ou negativamente, o meio ambiente, as pessoas e a economia em virtude do consumo de recursos naturais, pelo processo de construção (geração de resíduos), uso das edificações construídas que consomem serviços públicos e recursos naturais (energia e água). Como resultado constatou-se que cada organização pesquisada explora a sustentabilidade da cidade e da construção conforme o seu propósito revelando uma visão parcial e específica. Nem todos estes componentes estão integrados e interligados e acabam não aproveitando os benefícios sustentáveis mútuos a fim de alavancar resultados para ambos os espaços: construído e urbano. Desta maneira, concluiuse que a sustentabilidade é um conceito sistêmico e complexo que para ser atendido de forma integral e integrada se faz necessário compreender melhor as relações existentes entre as suas partes que estão em diferentes níveis de atuação a fim de produzir resultados mais assertivos para construção de cidades e construções sustentáveis.


Descrição
Área do Conhecimento