Novas tecnologias de produção agropecuária e adequação ambiental do imóvel rural

Data
2020-03-16
Orientador(res)
Rodrigues, Ricardo Ribeiro
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

A cada ano aumenta a consciência coletiva sobre a necessidade de conciliar o crescimento econômico à conservação do meio ambiente. No agronegócio, a palavra de ordem é a agricultura sustentável a qual, baseia-se em práticas agrícolas que resultem em elevada produtividade, mas sem ou com baixo impacto ambiental e com respeito e melhorias dos aspectos sociais. Diante desse quadro de constantes pressões da sociedade quanto ao posicionamento das empresas nas questões ambientais, conciliada a novas regras estabelecias pelo Novo Código Florestal (Lei 12.651/2012), que abordam inclusive o crédito rural, verifica-se a necessidade de diversificação da atuação das instituições de fomento à atividades agrícolas no agronegócio, com apoio e incentivos aos sistemas de produção mais sustentáveis e à regularização ambiental dos imóveis rurais. Nesse contexto, o objetivo dessa dissertação é identificar como o crédito rural pode induzir a transformação do atual modelo de produção extrativista para modelos mais sustentáveis, que resultem em maior produtividade, aumento de renda e maiores benefícios ao produtor que adota métodos mais conservacionistas de exploração dos recursos naturais, que busca a preservação da biodiversidade com qualidade e que possibilita a melhoria da qualidade de vida do trabalhador rural.


Descrição
Área do Conhecimento