O impacto esperado do Open Finance no mercado de crédito e na economia do Brasil

Data
2022-12-20
Orientador(res)
Lins, Genaro Dueire
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

O presente trabalho tem como objetivo apresentar o conceito de Open Finance e analisar os potenciais impactos que esta medida trará ao mercado de crédito e à economia do Brasil. O Open Finance está inserido num contexto de incentivo a inovação e concorrência no setor financeiro e surge a partir do diagnóstico que uma das principais causas para as distorções no mercado financeiro é a assimetria de informações entre as diferentes instituições financeiras. Este trabalho primeiro analisa as condições precedentes que levaram o Brasil a adotar o Open Finance e os objetivos do Banco Central do Brasil a implementar essa medida. Depois, é realizada uma revisão da literatura econômica que relaciona inovações financeiras como o Open Finance com crescimento econômico. Por fim, o trabalho busca examinar o impacto esperado desta inovação nas principais variáveis do mercado de crédito brasileiro, por meio de uma abordagem multimétodo, mesclando uma análise quantitativa que mostra a evolução destas variáveis nos últimos anos e desenvolvendo uma regressão linear múltipla estimada pelo método de Mínimos Quadrados Ordinários para decompor os efeitos destas variáveis no spread de crédito, aliada a uma análise qualitativa dos potenciais impactos que o Open Finance terá em cada variável analisada. Para os consumidores, o Open Finance representa a possibilidade de obter melhores ofertas por meio da comparação entre diversas instituições. Já para os credores, esta inovação reduz as barreiras para novos entrantes, permitindo uma competição mais justa e melhor análise de crédito. O Open Finance deverá ter efeitos positivos e significativos na economia, promovendo a expansão do crédito, maior competição e maior eficiência administrativa no setor.


Descrição