Causalidade de Granger entre o crescimento econômico, as emissões de CO2 e as fontes de energia de baixo carbono: um enfoque empírico com dados em painel

Data
2023-01-30
Orientador(res)
Tabak, Benjamin Miranda
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Objetiva-se com este trabalho examinar o nexo causal entre o consumo de energia de baixo carbono, as emissões de CO_2 e o crescimento econômico para um grupo de 76 países no período entre 1990 e 2018. Investiga-se as relações de causalidade de curto e longo prazos a partir da abordagem do teste de Causalidade de Granger, do modelo PVAR e a modelagem de cointegração e correção de erros pela modelagem VEC, revelando, então, os resultados empíricos, uma causalidade unidirecional a partir do crescimento econômico, das emissões de CO_2 e da intensidade energética para o consumo de energia proveniente das fontes de energia nucleares e renováveis. Por outro lado, o consumo de energia proveniente das fontes de baixo carbono, as emissões de CO_2 e a intensidade energética não apresentaram uma relação de causalidade unidirecional – estatisticamente significante – em relação ao crescimento econômico. Tais evidências remetem ao fato de que o consumo de energia proveniente das fontes de energia nucleares e renováveis ainda não atingiram um nível majoritário na matriz energética global. A este nível, faz-se necessário que os decisores políticos explorem as políticas que incentivam as fontes de energia de baixo carbono, diminuindo a intensidade e aumentando a eficiência energética global por meio das energias limpas.


Descrição