Clima Econômico da América Latina melhora, mas situação corrente contínua difícil

Data
2021
Orientador(res)
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

O Indicador de Clima Econômico (ICE) da América Latina da Fundação Getulio Vargas (FGV) avançou de 70,5 para 81,2 pontos entre o 1º e o 2º trimestre de 2021. Apesar da alta de 10,7 pontos, o indicador continua na zona desfavorável do ciclo econômico com uma combinação de avaliações desfavoráveis sobre o presente e expectativas otimistas em relação ao futuro próximo. Neste sentido, o resultado se assemelha ao observado na Sondagem do 1º trimestre.


Descrição
Área do Conhecimento