Resumo das discussões: ordenamento territorial e biodiversidade

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2016
Autores
Orientador(res)
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Grandes obras de infraestrutura historicamente orientaram a ocupação da região amazônica com efeitos sobre a organização espacial do território e a conversão de florestas. Ainda hoje, grandes empreendimentos convivem com especulação de terras e elevadas taxas de migração, que acabam por gerar maior pressão sobre os recursos naturais locais, com consequências para a biodiversidade local. A conquista da desaceleração do ritmo de desmatamento nos últimos 12 anos impõem aos empreendimentos contemporâneos a responsabilidade extra de não contribuírem para a retomada da devastação florestal. Projetos hidrelétricos especificamente dependem da floresta para sua própria viabilidade operacional, sob pena de comprometimento da oferta de água. Assim, faz-se necessário um ordenamento territorial que organize as frentes de migração e determine a destinação de áreas de vocação produtiva ou para conservação e manejo.


Descrição
Área do Conhecimento