Reflexos do plano real sobre o sistema bancário brasileiro

Data
1996-06
Orientador(res)
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Este trabalho tem por objetivo avaliar a evolução do setor bancário antes e logo após o Plano Real Iniciamos avaliando a queda das transferências inflação Diárias decorrente da passagem de uma inflação da ordem de 40% ao mês, relativa ao período pré-Plano Real, para uma média de 3,65% (IGP-DI) ou 2,61 % (IPC-r) ao mês, de julho de 1994 a maio de 1995. Em seguida, usando dados de balanço de um conjunto de 90 bancos, tentamos estimar os refluxos destas perdas sobre a rentabilidade e outros parâmetros da indústria bancária. Os cálculos do efetuados separadamente para os bancos privados, estaduais e federais. Uma análise posterior de desempenho utilizando informações fornecidas à CVM pelos seis maiores bancos privados do país é também apresentada.


Descrição
Área do Conhecimento