Notas técnica alumínio: caderno 5

Data
2012
Orientador(res)
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Esta nota técnica foi elaborada para dar subsídio técnico ao chamado Plano Indústria pertencente à Política Nacional de Mudanças Climáticas brasileira no que se refere à produção nacional de alumínio. Ao longo da nota, são apresentados os elementos necessários para analisar como o setor produtivo de alumínio primário no Brasil se posiciona em relação ao fenômeno do aquecimento global e o que pode ser feito para melhorar sua intensidade de emissões. O estudo começa com uma apresentação do perfil técnico dessa atividade industrial, na qual são descritas de maneira simplificada as principais etapas do processo produtivo, bem como algumas particularidades tecnológicas relevantes para compreender a origem das emissões de gases de efeito estufa (GEEs). A seção seguinte trata do perfil econômico do setor em que são apresentadas as empresas participantes, seu posicionamento em termos de comércio internacional bem como questões relacionadas a sua competitividade face à concorrência externa. A terceira seção do estudo trata do perfil de emissão do setor em que são apresentadas em detalhe todas as fontes de emissão de GEEs do setor, quantificadas as emissões totais e a intensidade carbônica do setor. A quarta seção investiga todas as ações que podem ser aplicadas para mitigar emissões no setor, o status do Brasil com relação à implementação dessas ações e as barreiras existentes para viabilizar esses potenciais de mitigação. Na quinta seção do estudo, são realizados cenários futuros de emissão do setor até o ano de 2025. Também são analisados cenários de baixo carbono, na qual as maneiras de reduzir emissões no setor são quantificadas. A seção final do estudo apresenta recomendações de ações necessárias para aprimorar a estratégia de mitigação de emissão no setor que surgiram ao longo das análises realizadas em todas as seções do estudo.


Descrição
Área do Conhecimento