O impacto dos gastos com publicidade nas vendas das firmas: avaliação empírica.

dc.contributor.advisorFéres, José Gustavo
dc.contributor.affiliationFGV
dc.contributor.authorPinto, André Luiz Mofato
dc.contributor.authorCavalcanti, Ricardo de Oliveira
dc.contributor.authorPinheiro, Maurício Canêdo
dc.contributor.authorMoura, Rodrigo Leandro de
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EPGEpor
dc.date.accessioned2014-06-02T13:50:44Z
dc.date.available2014-06-02T13:50:44Z
dc.date.issued2013
dc.description.abstractThis study aims to estimate an empirical model to relate spending on advertising revenues of firms, in order to serve as a tool for decision making, for it will study a case of telecommunications industry. The communication industry (advertising) in Brazil, according to IBGE 2008, is responsible for 4% of GDP, generating revenues of 57.5 billion dollars. With 113,000 businesses that generate 711,000 jobs, 866,000 people occupy and pay 5.9 billion in wages and taxes. However, most marketing managers say they do not have tools to measure the impact of their actions on the results of companies. The empirical model is estimated on the basis of monthly data for domestic long distance of Embratel for the period January 2009 to December 2011. The information often not available could only be used due to confidentiality undertaking. From cointegration techniques, we calculated the long-run elasticity of income over spending on advertising and price, so with their speed of adjustment to short-term deviations. The results suggest that revenue responds positively to changes in advertising spending, although the percentage is relatively low. Through the Dorfman-Steiner theorem we’re able to indicate that the optimum relationship between advertising spending and revenue would be approximately 20%, subjected to limitations of the model.eng
dc.description.abstractEste trabalho tem por objetivo estimar um modelo empírico para relacionar os gastos em publicidade com a receita das firmas, de forma a servir como ferramenta de tomada de decisão, para isso vamos fazer um estudo de caso da indústria de telecomunicações. A Indústria de comunicação (publicidade) no Brasil, segundo dados do IBGE de 2008, é responsável por 4% do PIB, gerando receitas da ordem 115 bilhões de reais. Com 113 mil empresas que geram 711 mil empregos, ocupam 866 mil pessoas e pagam 11,8 bilhões em salários e encargos. No entanto, a maioria dos gestores de marketing declara não ter instrumentos para medir o impacto de suas ações no resultado das empresas. O modelo empírico será estimado tendo como base dados mensais dos serviços de ligações de longa distância nacional da Embratel para o período de janeiro de 2009 até dezembro de 2011. As informações quase sempre não disponíveis, só puderam ser usadas devido ao compromisso de confidencialidade. A partir de técnicas de cointegração, foi calculada a elasticidade de longo prazo da receita em relação aos gastos com publicidade e ao preço, assim com as respectivas velocidades de ajustamento aos desvios de curto prazo. Os resultados sugerem que a receita responde positivamente às variações dos gastos em publicidade, embora o percentual seja relativamente baixo, através do teorema de Dorfman-Steiner conseguimos indicar que o ponto ótimo da relação entre gastos com publicidade e a receita seria de aproximadamente 20%, respeitadas as limitações do modelo.por
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/11810
dc.language.isopor
dc.subjectAdvertisingeng
dc.subjectVECMeng
dc.subjectCointegrationpor
dc.subjectJohansen testeng
dc.subjectPublicidadepor
dc.subjectCointegraçãopor
dc.subjectTeste de Johansenpor
dc.subject.areaEconomiapor
dc.subject.areaFinançaspor
dc.subject.bibliodataPublicidadepor
dc.subject.bibliodataCointegraçãopor
dc.subject.bibliodataModelos econométricospor
dc.titleO impacto dos gastos com publicidade nas vendas das firmas: avaliação empírica.por
dc.typeDissertationeng
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
AndréMofato.pdf
Tamanho:
2.86 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
4.6 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: