Knowledge frontiers in entrepreneurship: effectuation and bricolage

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2019-07-29
Orientador(res)
Andreassi, Tales
Serra, Fernando A. Ribeiro
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Effectuation e bricolage são duas abordagens alternativas do empreendedorismo que explicam como empreendedores identificam e exploram oportunidades de forma diferente da preconizada pelos modelos tradicionais do empreendedorismo, usando os recursos disponíveis e transpondo as limitações ambientais, com o intuito de criar novos negócios ou mercados. São geralmente utilizadas para explicar o processo empreendedor em ambientes de recursos escassos e incerteza. Embora sejam abordagens com significante destaque no campo, a literatura recente apontou que algumas questões teóricas devem ser investigadas para que a teorização avance. Assim, esta tese tem como objetivo ampliar o entendimento de como a effectuation e a bricolage manifestam-se durante o processo empreendedor e os mecanismos subjacentes à esta manifestação. Para isso, eu utilizei métodos mistos, dada a necessidade de distinguir teoricamente as duas abordagens. O Estudo 1 é um estudo bibliométrico que permitiu identificar a base de conhecimento e a estrutura intelectual da effectuation e da bricolage para identificar possíveis pontos de convergência e complementaridade, conforme requerido por trabalhos anteriores. A principal contribuição deste estudo foi integrar as abordagens em uma análise que permite o entendimento de como elas estão relacionadas e como diferem, ampliando nosso conhecimento sobre suas fronteiras. O Estudo 2 é uma metassíntese que objetivou identificar e categorizar os antecedentes da effectuation e da bricolage, bem como diferenciar suas peculiaridades, respondendo aos chamados para ampliar a compreensão de seus respectivos limites. Este estudo também contribui para ampliar a compreensão de questões "como" e "quando” sobre a manifestação dessas abordagens, questões consideradas carentes de resposta em trabalhos anteriores. Finalmente, o Estudo 3 é um estudo processual por meio de estudos de caso. Este estudo objetivou explorar empiricamente a influência dos atributos individuais e contextuais identificados no Estudo 2 e também explorar como as duas abordagens evoluem a partir de uma perspectiva temporal dinâmica durante o processo empreendedor. Este estudo foi conduzido com empresas brasileiras e portuguesas dos setores de tecnologia e manufatura e trouxe como contribuição a compreensão das variações nos antecedentes das abordagens e de sua dinâmica temporal. Assim, esta tese contribui com pesquisas anteriores sobre effectuation e bricolage, desenvolvendo uma compreensão mais geral de como o processo empreendedor ocorre, considerando a análise conjunta das duas abordagens.


Descrição
Área do Conhecimento