O que determina o preço das ações?: exame empírico do mercado brasileiro pré-subprime (1994-2007)

Data
2013
Orientador(res)
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Uma parcela da literatura de finanças sugere que o comportamento dos preços das ações parecem não poder ser integralmente explicados a partir de variáveis econômicas. Nessa linha de pesquisa, estudos têm encontrado evidências de que uma fração da variação dos retornos das ações pode ser entendida a partir de notícias de domínio público. Diante da inexistência de estudos similares no ambiente brasileiro, este estudo verifica a existência de associações entre variações do mercado de capitais e notícias relevantes da mídia, no período anterior à crise de 2008: JAN/1994-DEZ/2007. Os principais resultados alcançados põem em dúvida a premissa de que a parcela dos movimentos do mercado de capitais não-explicada pelo conhecimento de variáveis macroeconômicas possa ser integralmente entendida a partir de ‘notícias qualitativas’. Assim, parece que grandes movimentos do benchmark não estão sistematicamente associados a grandes eventos, entre as notícias veiculadas na mídia brasileira em momentos de maiores movimentos do mercado verificou-se a predominância de notícias relativas à política nacional.


Descrição
Área do Conhecimento