A energia fotovoltaica no agronegócio: gestão de custos e riscos, diversificação de receita e externalidades

dc.contributor.advisorRocha, José Dilcio
dc.contributor.authorLima Junior, Elias Mota
dc.contributor.memberPrado Júnior, Sérvio Túlio
dc.contributor.memberZilles, Roberto
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EESPpor
dc.date.accessioned2019-06-14T17:18:40Z
dc.date.available2019-06-14T17:18:40Z
dc.date.issued2019-05-10
dc.description.abstractEste trabalho apresenta um estudo de viabilidade da aplicação de tecnologia fotovoltaica para a geração de eletricidade no setor de agronegócio. O aumento no custo da energia no Brasil, no período entre 1995 e 2015, pode ser observado pela comparação entre 751,7% do IPCA-Energia e 342% do IPCA-Geral. O agronegócio demonstrou uma participação acima de 20% do PIB nacional nos últimos 10 anos. O custo de energia mantém um peso importante em toda a cadeia do agronegócio e, com a intensificação do uso de novas tecnologias, a busca por alternativas para a redução de custos, riscos e emissão de gases de efeito estufa faz-se ainda mais relevante. Considerando-se favoráveis os níveis de irradiação solar incidentes no território brasileiro, a legislação e a disponibilidade de áreas para instalação de usinas fotovoltaicas, essa fonte de energia destaca-se como opção viável. Dessa forma, este trabalho procura contribuir para a avaliação do estágio em que se encontra a geração de energia fotovoltaica, ou seja, se a tecnologia já atingiu um patamar em que a relação de custo versus benefícios se mostra propícia ao investimento. Esta pesquisa usou como referência um estudo de caso de uma fazenda que investiu em um sistema fotovoltaico. Foi analisado o cenário que serviu de base para que a decisão de investimento fosse tomada. Além disso, foram criados para análise outros dois cenários alternativos, com variações das tarifas de energia. Realizou-se consultas a especialistas e pesquisa bibliográfica referenciada. A análise dos resultados obtidos demonstrou a viabilidade do investimento nos três cenários analisados e a oportunidade de ampliação das fontes de receitas com o investimento em uma usina fotovoltaica de potência maior do que uma usina desenvolvida apenas para consumo próprio. Por fim, foram também analisadas as externalidades decorrentes do investimento em energia limpa, como a utilização de terras por vezes improdutivas e a geração de mão de obra vinculada à nova atividade.por
dc.description.abstractThis paper presents a feasibility study of application of photovoltaic technology to electricity generation in the agribusiness sector. The increase in the cost of energy in Brazil in the period between 1995 and 2015 can be observed by comparing the IPCA-Energy Index of 751.7% versus the IPCA-General Index of 342%. Agribusiness has had a share of over 20% of the Brazilian GDP over the past 10 years. The cost of energy plays an important role in the entire agribusiness chain, and with the intensification of the use of new technologies, the search for an alternative source to reduce costs, risks and greenhouse gases emissions is even more relevant. The suitable levels of solar irradiation, the legislation and the availability of areas for the installation of photovoltaic plants in Brazil point out this energy source as a feasible option. In this manner, this work seeks to contribute to the assessment of the stage of photovoltaic energy generation in Brazil, i.e., if it has reached a level in which the cost-benefit ratio is favorable for investing. This research was based on a case study of a farm that invested in a photovoltaic system. The base scenario that supported the investment decision was analyzed and compared with two other alternative scenarios created with variations of energy tariffs. Consultations with specialist and referenced literary research were carried out. The results showed the investment feasibility in all three scenarios and the opportunity to increase the income sources from a photovoltaic power plant with greater power generation. In addition, the externalities resulting from the investment in clean energy, such as the use of unproductive land and the generation of a labor force demand were also analyzed.eng
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/27582
dc.language.isopor
dc.rights.accessRightsopenAccesseng
dc.subjectPhotovoltaic energy in the agribusinesseng
dc.subjectDistributed generation in the rural areaseng
dc.subjectRenewable energy in the rural areaseng
dc.subjectEnergia fotovoltaica no agronegóciopor
dc.subjectGeração distribuída no campopor
dc.subjectEnergia renovável no meio ruralpor
dc.subject.areaEconomiapor
dc.subject.bibliodataAgroindústria - Brasilpor
dc.subject.bibliodataGeração de energia fotovoltaicapor
dc.subject.bibliodataEnergia - Fontes alternativaspor
dc.subject.bibliodataEletrificação ruralpor
dc.titleA energia fotovoltaica no agronegócio: gestão de custos e riscos, diversificação de receita e externalidadespor
dc.typeDissertationeng
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
Dissertação_MPAGRO_FGV-Elias Lima - formatada-final RRML.pdf
Tamanho:
1.17 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
PDF
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
4.6 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: