Mudança organizacional e o sentido do trabalho: o que os servidores públicos têm a dizer?

Data
2022-05-20
Orientador(res)
Irigaray, Hélio Arthur
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Objetivo- Investigar, a partir da percepção dos servidores públicos brasileiros, em que medida as mudanças organizacionais influenciam o sentido que eles atribuem ao trabalho que realizam, apontando as características desse processo que estimularam sua percepção. Como pano de fundo da pesquisa, descreveu-se o processo de transformação organizacional pelo qual passa a PGFN, como fração da Administração Pública brasileira. Metodologia- Foi conduzido um estudo exploratório e qualitativo com Procuradores da Fazenda Nacional lotados e em exercício na PSFN Londrina. Participaram da pesquisa 11 procuradores, cujos relatos foram transcritos e submetidos à análise de conteúdo, com a finalidade de categorizar os sentidos que compõem a comunicação. Resultados- Os resultados permitiram inferir que, para os servidores públicos pesquisados, as mudanças organizacionais influenciam os sentidos que atribuem ao trabalho, comprovando a aplicabilidade das categorias elencadas nos estudos de Morin (2001). Além disso, as mudanças contribuíram para incrementar o senso de pertencimento e a vinculação indenitária com o grupo de servidores públicos relacionados ao órgão estudado, ressignificando a identidade social dos mesmos. Limitações- A complexidade do tema pesquisado, sentimento humano, não permitiu que a pesquisa verificasse hipóteses, somente possibilitou compreender a problemática do sentido do trabalho pelos olhos dos atores sociais e dos sentidos que eles atribuem aos objetos que desenvolvem e, assim, obter mais familiaridade com o problema e torná-lo explícito. Aplicação do trabalho- O estudo se aplica a organizações, tanto da esfera pública quanto privada, para orientar as decisões dos gestores e responsáveis por processos de transformação organizacional que promovam a (re) organização do trabalho. Contribuições para a sociedade- Os achados da pesquisa permitem aos gestores identificar as características que agregam sentido ao trabalho e, a partir delas, desenhar mudanças organizacionais com potencialidade de aumentar a motivação dos trabalhadores e, por conseguinte, ganhar eficiência para a organização. Originalidade- O estudo abrangeu aspectos não recorrentes em trabalhos sobre mudança organizacional: a influência que essas mudanças provocam no sentimento das pessoas envolvidas.


Descrição