Estilos de liderança e suas relações com o engajamento e comprometimento: um estudo na Procuradoria-Geral Federal

Data
2023-11-06
Orientador(res)
Coelho, Paulo Sérgio de Souza
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Objetivo – Investigar os estilos de liderança, níveis de engajamento e comprometimento organizacional na Procuradoria-Geral Federal, bem como procurar relações entre essas variáveis. Metodologia – Foi adotado o método quantitativo, aplicando-se um formulário do tipo survey para a população que foi objeto do estudo, composta pelos membros da Procuradoria-Geral Federal, sendo obtida uma amostragem de 260 respostas válidas. O formulário continha 4 etapas: dados sociodemográficos, escala de estilos de liderança (MLQ-5x), escala de engajamento (UWES) e escala de Comprometimento Organizacional (Allen e Meyer, 1990). Após, foi realizada a análise descritiva dos dados, seguida de análise fatorial, de correlações e regressão linear, para o fim de verificar as possíveis relações entre as variáveis. Resultados – Os resultados sugeriram que o estilo de Liderança Transformacional é predominante na amostra coletada, seguido do estilo transacional. Pela análise fatorial, verificou-se a adequação das escalas utilizadas. Foi possível observar uma relação positiva entre o estilo de Liderança Transformacional com as variáveis de Engajamento em suas três dimensões e também com o Comprometimento Afetivo. Limitações – O estudo foi limitado ao âmbito da Procuradoria-Geral Federal. Além disso, o estudo foca apenas na relação entre os estilos de liderança com o engajamento e o comprometimento organizacional, apesar de serem conhecidos outros fatores externos e internos ao trabalho que podem afetar essas variáveis. Aplicabilidade do trabalho – O estudo contribui para a compreensão das teorias sobre liderança, engajamento e comprometimento organizacional, além de testar a validade das escalas utilizadas para medição das variáveis. Além disso, as análises empíricas das relações entre os constructos são importantes para o desenvolvimento teórico no campo do comportamento organizacional, especialmente referente às carreiras públicas.


Descrição