Desenvolvimento do sistema financeiro, crescimento e desigualdade: uma análise para países emergentes

Data
2019-08-14
Orientador(res)
Gala, Paulo
Rochman, Ricardo Ratner
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

É esperado que, dadas as características de canalizador de recursos e fomentador de investimentos para as atividades mais produtivas, um sistema financeiro bem desenvolvido possa incentivar o crescimento, gerando impacto também na desigualdade. Nosso trabalho utilizou dados de 22 países emergentes no período de 1980 a 2016, com o objetivo de analisar a relação entre o desenvolvimento do sistema financeiro, crescimento econômico e desigualdade dentro de uma mesma amostra. Para tal fim, utilizamos dados em painel para estimar um modelo de efeitos fixos com variáveis instrumentais. Os resultados do modelo mostraram que o desenvolvimento financeiro gera um efeito positivo no crescimento dos países selecionados. Também verificamos que o efeito do desenvolvimento financeiro na desigualdade parece ter um formato de U invertido, de forma que em estágios iniciais do desenvolvimento as finanças ampliam a concentração de renda para, apenas posteriormente, conseguir ampliar o acesso incluindo os mais pobres.


Descrição
Área do Conhecimento