Impacto das regras de capital de risco: implementação do risco de mercado ao setor da saúde suplementar

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2019-07-02
Orientador(res)
Gonçalves, Edson Daniel Lopes
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Na mesma direção com o que foi proposto em Solvência II e Basiléia III, a Agência Nacional de Saúde Suplementar introduzirá até 2022 o capital regulatório para Risco de Mercado. Esse modelo regulatório proposto neste trabalho consiste na apuração de Value at Risk paramétrico com 99% de nível de confiança com base temporal para um ano, tendo como base as demonstrações contábeis informadas pelas operadoras de planos de saúde, com dados de mercado de 2014 a 2018. Uma das limitações da abordagem regulatória reside em premissas da distribuição dos retornos dos ativos, que pode não contemplar todos os portfólios das operadoras de planos de saúde, podendo afetar a aderência do modelo a realidade do mercado. Este trabalho utiliza a metodologia Riskmetrics, proposta por J.P.Morgan (1995). Os resultados evidenciaram um baixo impacto na previsão de perdas para as carteiras constituídas em sua maioria de títulos de renda fixa.


Descrição
Área do Conhecimento