Os caminhos para a implantação de novos modelos de remuneração baseado em valor da saúde suplementar brasileira: uma percepção dos gestores das operadoras de saúde

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2022
Orientador(res)
Ogata, Alberto Jose Niituma
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

A gestão do sistema de saúde é uma atividade complexa que envolve muitos atores. Nesse contexto, percebe-se intensos debates vinculados à qualidade assistencial e ao aumento crescente dos custos, que podem colocar em risco a sustentabilidade do sistema. Uma alternativa discutida no âmbito da saúde suplementar brasileira, são os modelos de remuneração baseados em valor, cujo foco é resultado em saúde para o paciente atrelados à gestão eficiente dos recursos financeiros. Sob essa perspectiva, a presente pesquisa tem como objetivo central analisar a percepção de uma amostra de gestores das Operadoras de Saúde participantes do projeto “Modelo de Remuneração Baseado em Valor”, proposto pela Agência Nacional de Saúde Suplementar, acerca da transição do fee for service para modelos de pagamento baseado em valor (totalizando13 projetos e 12 operadoras) Para atingir o objetivo foi realizado uma pesquisa qualitativa com uma amostra de 8 gestores participantes do projeto. As entrevistas foram analisadas através da análise de conteúdo, conforme proposto por Bardin. Os resultados demonstram que o processo de transição do fee for service para modelos baseado em valor é permeado por barreiras e dificuldades, principalmente no que tange a negociação com a rede prestadora e aos sistemas de informação. Apesar do tema não ser novo, a aplicação prática dos conceitos de pagamento por valor ainda é heterogênea, sendo necessário mais pesquisas relacionadas aos resultados práticos a médio e longo prazo dos modelos, além de pesquisas que envolvam gestores hospitalares e pacientes.


Descrição
Área do Conhecimento