A formação da identidade nipo-brasileira através das memórias da imigração japonesa para o Rio de Janeiro

Data
2021-04-09
Orientador(res)
Gonçalves, Martina Spohr
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

A pesquisa visa compreender as percepções identitárias dos descendentes de japoneses do Rio de Janeiro através das memórias da imigração. Com experiências diferentes dos imigrantes japoneses dos outros estados, os nipo-brasileiros do estado do Rio de Janeiro possuem suas próprias vivências, que foram moldadas de acordo com a época em que as migrações ocorreram para esta cidade, assim como pelas ações governamentais do Japão e do Brasil. Alguns estudos dão indícios de que o fluxo de migração para o Rio de Janeiro aumentou no período do pós-guerra, uma vez que novas colônias surgiram nessa época. Assim, a pesquisa busca identificar como seria a construção da identidade nipo-fluminense, através das memórias de imigrantes e descendentes; de que maneira elas perpassam o cotidiano desses imigrantes e de seus filhos e netos e como esses novos brasileiros de ascendência nipônica são integrados na sociedade, a partir de uma análise histórica das questões políticas e econômicas de ambos os países a época da imigração. Para isso, foram realizadas entrevistas e pesquisa bibliográfica dos núcleos-coloniais existentes no estado do Rio de Janeiro, com enfoque maior na colônia de Funchal, localizado em Cachoeiras de Macacu, município do Rio de Janeiro.


Descrição
Área do Conhecimento