Candidaturas trans e travestis: obstáculos e violências na política brasileira - Nota Técnica

Resumo

A Clínica de Políticas de Diversidade da FGV Direito SP, coordenada pelo professor Thiago Amparo, tem o propósito de engajar alunas/os e membros da sociedade civil brasileira no desenvolvimento de produtos voltados à aplicação efetiva de direitos humanos. Em 2021, o escopo da Clínica de Políticas de Diversidade voltou-se para a situação eleitoral no Brasil e possíveis políticas de fomento à participação de grupos minorizados no contexto de eleições brasileiras. Assim, foi desenvolvida a Nota Técnica "Candidaturas trans e travestis: obstáculos e violências na política brasileira", que busca explicitar a relação entre o direito e o sistema eleitoral e identidade de gênero no Brasil, tendo como foco as desigualdades que operam no processo eleitoral, tanto no período de campanhas eleitorais, quanto durante o exercício de mandatos políticos.


Descrição
Área do Conhecimento