Accounting relevance no setor regulado: um estudo sobre as concessionárias de energia elétrica brasileiras

Data
2019-12-23
Orientador(res)
Cardoso, Ricardo Lopes
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Objetivo – O objetivo da pesquisa é verificar se o conjunto das informações contábeis das concessionárias de energia elétrica afetam o preço das ações negociadas na bolsa de valores brasileira (B3). Para tanto, o trabalho visa identificar a relevância da informação contábil na decisão do investidor na movimentação de ações em empresas do setor elétrico brasileiro. A base das análises são as divulgações, pelas concessionárias de energia elétrica, do Ativo Total (AT), Patrimônio Líquido (PL), Lucro Líquido (LL), Resultado Operacional (RO) e Fluxo de Caixa Operacional (FCO). O capítulo 2 deste trabalho propicia uma visão das informações contábeis societária e regulatória, apontando as principais diferenças nas apurações das demonstrações financeiras. De tal modo é possível vislumbrar quais conjuntos de informações e orientações da norma internacional de contabilidade, aprovados para uso no Brasil pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), não foram adotadas na contabilidade regulatória, por determinação do órgão regulador do setor elétrico, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Metodologia – Esta pesquisa segue a linha de abordagem da teoria positiva em estudos de Contabilidade. Considerando o objetivo da pesquisa, foi utilizado um modelo de estatística inferencial e através da métrica referente ao value relevence foi testado o poder explanatório da regressão preço da ação sobre o lucro líquido e patrimônio líquido. Logo, a pesquisa utilizou uma regressão linear, que possui a capacidade de prever e explicar variáveis. A amostra com foi composta de observações de 23 empresas com ações negociadas no site na B3. O período da análise correspondeu as informações anuais divulgadas nos anos de 2015 a 2018. Resultados – Como resultado, a pesquisa constatou que não há diferença estatística entre o poder da informação de propósito geral ou informação de propósito específico em predizer o preço das ações das companhias do setor elétrico. A pesquisa identificou que o conjunto de informações contábil de propósito específico é sutilmente mais correlacionado com a variação do preço que o conjunto de informação contábil de propósito geral, embora essa diferença não é estatisticamente significante. Limitações – A pesquisa limitou-se às divulgações das informações anuais do período de 2015 a 2018. Ademais, não foram cobertas nas análises as empresas de capital fechado que têm suas ações negociadas em bolsa de valores. Aplicabilidade do trabalho – Reforçar a importância das Demonstrações Contábeis de Propósito Específicos, reguladas pela ANEEL, quando comparadas as Demonstrações Contábeis de Propósito Geral. Contribuições para a sociedade – A pesquisa poderá contribuir para dar maior evidência à importância das informações contábeis do Setor Elétrico e, consequentemente, contribuir para o aprimoramento da transparência no setor. Originalidade – Existem outros trabalhos que tratam desde assunto, porém contemplam períodos e abordagens diferentes.


Descrição