Reforma Política [2]: sistemas majoritários e o voto distrital

Data
2015-04-09
Orientador(res)
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Os cientistas políticos geralmente classificam a diversidade de regras eleitorais existentes em três grandes famílias: (1) sistemas majoritários que prezam pela regra da maioria; (2) sistemas 'proporcionais', que prezam pela proporcionalidade entre votos e representantes; e (3) sistemas 'mistos', que buscam conciliar características dos dois anteriores. Os sistemas majoritários têm a favor a simplicidade. O princípio que guia todo o processo é garantir ao(s) mais votado(s) o cargo de representante. Não há qualquer forma de transferência de votos que, com base em algum parâmetro que não o voto no indivíduo (partidos, coligações, ou mesmo outra preferência do eleitor), altere o resultado final. Ganham os mais votados.


Descrição
Área do Conhecimento