Primeiro choque do petróleo e crescimento da dívida externa das ditaduras latino-americanas nos anos 1970

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2020-09-25
Orientador(res)
Weller, Leonardo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

O presente trabalho testa duas hipóteses sobre possíveis fatores que explicam o nível de endividamento de um país. Primeiramente testamos se as ditaduras (civis ou militares) na América Latina incorreram em um nível de dívida externa maior do que as democracias, após o primeiro choque do petróleo em 1973, caracterizando um evento político (Hipótese 1). A segunda hipótese testada é a de que, independentemente do regime político, os países latino-americanos apresentarem maior endividamento externo em relação aos demais países da amostra, evidenciando um evento geográfico (Hipótese 2). Para testar estas hipóteses aplicamos o Método Dados em Painel, Regressão Diferenças-em-Diferenças e Regressão Diferenças-em-Diferenças com Efeitos Fixos. Os resultados apontaram o fator geográfico (Hipótese 2) como tendo primazia sobre o fator político (Hipótese 1) para explicar endividamento externo na América Latina.


Descrição
Área do Conhecimento