Coexistência de momentum e reversão à média: aplicação em portfólio composto por setores da economia norte-americana

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2019-07-31
Orientador(res)
Glasman, Daniela Kubudi
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

O estudo do efeito de vieses do comportamento humano no preço de ativos é objeto central de estudo do campo das Finanças Comportamentais. A aparente dicotomia entre os dois principais efeitos descritos pela academia, momentum e reversão à média, desperta o interesse de diversos pesquisadores e motiva o presente trabalho, que se propõe a explorar esses fatores em portfólios compostos por ETFs de setores da economia norte-americana. Para tal, foi considerado o período entre 1999 e 2018 no intuito de formar estratégias de momentum e reversão à média, para diferentes prazos de formação, e observar seus retornos. Wei (2011) aponta para coexistência de momentum e reversão, prevalecendo o fator de acordo com o nível de volatilidade do ativo (momentum é associado com alta volatilidade e reversão com baixa volatilidade – para empresas grandes). Então, após definir o melhor período de formação para cada critério, as estratégias são combinadas de acordo com o regime de volatilidade detectado, verificando que a combinação entre elas é superior ao índice de mercado americano, considerando indicadores como retorno, drawdown, Índice de Sharpe e volatilidade. Foi realizada comparação entre os histogramas de retornos da estratégia combinada e do S&P, apontando para superioridade da primeira, com características mais desejáveis de média, assimetria e curtose. Foi realizada regressão controlando os retornos pelo CAPM, indicando alta significância estatística para o alpha da estratégia combinada.


Descrição
Área do Conhecimento