O fantasma na máquina: relação entre system-level bureaucracy e screen-level bureaucracy na implementação de políticas públicas

dc.contributor.advisorLoureiro, Maria Rita Garcia
dc.contributor.authorCastro, André Luís de
dc.contributor.memberDiniz, Eduardo Henrique
dc.contributor.memberLotta, Gabriela Spanghero
dc.contributor.memberNascimento, Maurício Reinert do
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EAESPpor
dc.date.accessioned2017-08-07T17:23:48Z
dc.date.available2017-08-07T17:23:48Z
dc.date.issued2017-07-11
dc.description.abstractThe increasing complexity of the State, in particular the use of new information and communication technologies have led to the emergence of new types of bureaucracies such as system-level bureaucracy and screen-level bureaucracy. The first is composed of specialists who develop information systems for public policies, while the screen-level bureaucracy is formed by middle-level and street bureaucrats who act at the end of the provision of public services, depending on the systems to perform the work. The present work has as object of study the analysis of the relations between these bureaucracies in the implementation of public policies, with emphasis on the coordination problem. In this inter bureaucratic relationship, communities of practice, discretion and expertise are important analytical elements, since they allow the creation of strategies of action by the actors and the coordination of the policy. The theoretical references on bureaucracy and implementation of public policies were constructed not only in classical texts such as Weber (2007), Wildavsky and Pressman (1973) and Lipsky (1980) that discuss the relations between bureaucracies in the implementation of But also in the more recent work by Guy Peters (1998) and Bovens and Zouridis (2002) on the coordination and role of ICTs in policies. From a methodological point of view, it is a case study comparing two public policies that differ in the way in which the relations between system level bureaucracy and screen level bureaucracy occur. In the two informal, mutually dependent, close and complementary, informal learning networks allow actors to create and use action strategies that contribute to coordination. The distinction between policies has occurred in the identification of greater coordination problems in education policy. The explanation first relates to the substantive difference of the tax collection policy, which is of greater importance to the government and has a greater maturity in the development of information systems than other secretariats, which provides greater expertise and more collaborative relationships. Empirical evidences related to the organizational characteristics of the secretariats contribute to explain this distinction, such as: the greater turnover of the bureaucrats of the Department of Education (SEED); The separate physical location of the education systems and teams development team, different from what occurs at the Treasury Department (SEFA).eng
dc.description.abstractA complexidade crescente do Estado, em particular, o uso de novas tecnologias de informação e comunicação, tem gerado novos tipos de burocracias, como a system-level bureaucracy (SYB) e a screen-level bureaucracy (SCB). A primeira é composta por especialistas que desenvolvem sistemas de informação para as políticas públicas, enquanto a SCB é formada por burocratas de nível médio e de rua que atuam na ponta da prestação de serviços públicos, dependendo dos sistemas para realizar seu trabalho. O presente trabalho tem como objeto de estudo a análise das relações entre essas burocracias na implementação de políticas públicas, com destaque para a problemática da coordenação. As referências teóricas sobre burocracia e implementação de políticas públicas foram construídas a partir de Weber (2007), Wildavsky e Pressman (1973) e Lipsky (1980) que discutem as relações entre burocracias na implementação de políticas públicas, e também se baseou em trabalhos mais recentes de Guy Peters (1998) e Bovens e Zouridis (2002), concernentes à coordenação e ao papel das TICs nas políticas. Do ponto de vista metodológico, trata-se de um de caso comparado entre duas políticas públicas: a de arrecadação fiscal e de educação básica do estado do Paraná enfocando os processos de desenvolvimento de sistemas de informação com a participação da CELEPAR (Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do estado do Paraná). Tais políticas se diferenciam pela forma como ocorrem as relações entre a SYB e a SCB. Nas duas políticas, redes informais de aprendizado, mutuamente dependentes, próximas e complementares, permitem aos atores a criação e utilização de estratégias de ação que contribuem com a coordenação. A distinção entre as políticas se deu na identificação de maiores problemas de coordenação na política de educação. A explicação relaciona-se primeiro, à diferença substantiva da política de arrecadação fiscal, que possui maior importância para o governo e maturidade maior no desenvolvimento de sistemas de informação se comparado a outras secretarias, que confere maior expertise e relações mais colaborativas. Características organizacionais das secretarias contribuem para explicar as implicações dessa distinção, como a rotatividade maior dos burocratas da Secretaria de Educação (SEED); a localização física separada da equipe de desenvolvimento de sistemas e equipes da educação, diferente do que ocorre na Secretaria da Fazenda (SEFA).por
dc.identifier.citationCASTRO, André Luís de. O fantasma na máquina: relação entre system-level bureaucracy e screen-level bureaucracy na implementação de políticas públicas. Tese (Doutorado em Administração Pública e Governo) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2017.
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/18609
dc.language.isopor
dc.subjectSystem-level bureaucracyeng
dc.subjectInterorganizational coordinationeng
dc.subjectCommunities of practiceeng
dc.subjectImplementation of public policieseng
dc.subjectDevelopment of information systems for public policieseng
dc.subjectCoordenação interorganizacionalpor
dc.subjectComunidades de práticapor
dc.subjectImplementação de políticas públicaspor
dc.subjectDesenvolvimento de sistemas de informação para políticas públicaspor
dc.subjectEntidades públicas de TICspor
dc.subject.areaAdministração públicapor
dc.subject.bibliodataPolíticas públicaspor
dc.subject.bibliodataTecnologia da informaçãopor
dc.subject.bibliodataBurocraciapor
dc.subject.bibliodataAdministração públicapor
dc.titleO fantasma na máquina: relação entre system-level bureaucracy e screen-level bureaucracy na implementação de políticas públicaspor
dc.typeThesiseng
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
TESE - O FANTASMA NA MAQUINA - ANDRE CASTRO - Versao Final - 2017.pdf
Tamanho:
1.93 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
PDF
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
4.6 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: