Cleptocracia brasileira

Data
2002-10-03
Orientador(res)
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

A liberalização democrática brasileira não coincidiu com a eliminação da corrupção crônica. A proliferação de escândalos demonstra que a sociedade não é ainda capaz de controlar o fenômeno. Sob um regime democrático, a corrupção é inaceitável, porque os cidadãos elegem seus pares para representá-los, e não para trabalhar contra eles. Tornar a corrupção objeto de análise econômica pode contribuir para a compreensão e o combate ao fenômeno.


Descrição
Área do Conhecimento