Soft skills desenvolvidos pelos gestores frente à virtualização do trabalho imposta pela pandemia da Covid-19

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2023
Orientador(res)
Cepellos, Vanessa Martines
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Em decorrência da pandemia de COVID-19, as empresas tiveram que se virtualizar de maneira muito rápida. Algumas já estavam inseridas no contexto de trabalho remoto, outras sequer pensavam nesta possibilidade. Da mesma maneira, alguns gestores já haviam tido a experiência de um modelo de trabalho remoto anteriormente, facilitando a gestão de pessoas durante este período pandêmico. O estudo em questão busca levantar quais soft skills foram desenvolvidas ou se destacaram frente a essa virtualização imposta na pandemia. Por entrevistas semiestruturadas, entrevistados de diferentes segmentos relataram quais foram as suas vivências neste período, como e quais soft skills contribuíram para a gestão dos seus colaboradores. Como resultado desta pesquisa, duas principais soft skills vieram à tona: empatia e lidar com a pressão, ao passo que garantir uma comunicação fluida e o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional surgiram como maiores desafios na pandemia. Algumas práticas adotadas durante a pandemia se mantiveram por grande parte dos gestores, com o intuito de se manterem próximos aos seus colaboradores e com um olhar mais humanizado. Isso posto, conclui-se que as soft skills podem ser desenvolvidas e podem ser substituídas por alguma outra, a depender do contexto da organização.


Descrição
Área do Conhecimento