Repartição de riscos em parcerias público-privadas: um modelo para valoração quantitativa de garantias em projetos de saneamento

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2014
Orientador(res)
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

No Brasil, serviços de água e esgotamento sanitário são prestados adequadamente somente para 59,4% e 39,7%, respectivamente, da população brasileira. Estima-se que sejam necessários R$ 304 bilhões em investimentos para reversão de tal quadro, com parte deste volume vindo da iniciativa privada. Neste sentido, a estruturação de parcerias público- privadas é uma das formas de atingir este objetivo, com o setor público oferecendo garantias ao parceiro privado para assegurar a viabilidade do empreendimento. Este artigo apresenta um modelo para valoração destas garantias, utilizando como estudo de caso a PPP de esgoto da região metropolitana de Recife e do Município de Goiana. O resultado obtido mostra a importância deste mecanismo, uma vez que, a depender do nível de garantia oferecido, o valor dos desembolsos previstos para o setor público pode apresentar elevada variabilidade.


Descrição
Área do Conhecimento