Os mecanismos de transmissão cultural na escola primária: um estudo de caso

dc.contributor.advisorCunha, Luiz Antonio
dc.contributor.authorNoronha, Olinda Maria
dc.contributor.unidadefgvInstitutos::IESAEpor
dc.date.accessioned2012-01-27T12:54:20Z
dc.date.available2012-01-27T12:54:20Z
dc.date.issued1977
dc.description.abstractThe present report has as its objectives: i) Examine by which mechanism secondary culture is imposed on elementary school; ii) check the effects of this imposure upon the representations of school goers; iii) check to what extent the school has been fulfilling its function of reproducing culturally dominant classes of society. In this study we have considered the educational process as the imposure upon students of the standards of the dominant class in society through the Symbolic Violenc which marks pedagogic action, and the school as the formal and institutional milieu where relationships of domination and imposure of cultural standards of these groups or classes are established in a legitimate way through theachers, who are also legimate agents of this process. All this study has been distinguished by and anthropological approach, guined by participating observation of the group and area chosen as object of study. It has been verified that school imposes on students through its practices aspirations typical of the dominant class in society. These aspiration were expressed in students representation. It has also been observed that school, by its agents, blames students failure solely on their cultural environment (first socialization) which doesn’t reinforce the concepts learned at school. Moreover it has been pointed out that after years in the career teachers also tend to assimilate the culture of the environrnent in which they work, creating in the teaching process the possibility to the occurrence of what we call a transgression of the Symbolic Violence code. As this report is a case study, it would be convenient that the same theme be researched under other aspects , mainly if it is intendend to test the degree of generality of the characteristics evidenced in this particular study.eng
dc.description.abstractO presente trabalho teve por objetivos: i) examinar por meio de que mecanismos se dá a inculcação da cultura secundária na escola primária; ii) verificar os efeitos desta inculcação nas representações da clientela que frequenta a escola; iii) verificar até que ponto a escola está cumprindo sua função de reprodução das classes culturais dominates da sociedade. Neste estudo, consideramos o processo educacional como a inculcação, nos alunos, dos valores da classe dominante da sociedade por meio do exercício da Violência Simbólica, que caracteriza a ação pedagógica, e a escola como o ambiente formal e institucional onde se processam, de modo legítimo, as relações de dominação e de inculcação dos padrões culturais desses grupos ou classes, por intemédio das professoras, agentes também legítimos desse processo de inculcação do arbitrário cultural. Todo o estudo foi caracterizado por um enfoque antropológico, guiado pela observação participativa junto ao grupo e área selecionados para estudo. Verificou-se que a escola, através de suas práticas, inculca nos alunos aspirações que são típicas da classe dominante da sociedade. Estas aspirações foram manifestadas em suas representações. Observou-se, ainda, que a escola, por intermédio de seus agentes, atribui o fracasso escolar dos alunos unicamente a seu ambiente cultural (primeira socialização), que não reforça os conteúdos que a escola ensina. Além disso, observou-se que, após muitos anos de magistério, a tendência das professoras é também se aculturarem ao meio onde trabalham, gerando no processo de ensino a possibilidade da ocorrência daquilo que chamamos de transgressão do código de violência simbólica. Como este trabalho trata-se de um estudo de caso, seria conveniente que o mesmo tema fosse pesquisado em outras configurações, principalmente se se tiver como objetivo testar o grau de generalidade das características constatadas a partir deste estudo particular.por
dc.identifier.citationNORONHA, Olinda Maria. Os mecanismos de transmissão cultural na escola primária: um estudo de caso. Dissertação (Mestrado em Educação) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 1977.
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/9176
dc.language.isopor
dc.rightsTodo cuidado foi dispensado para respeitar os direitos autorais deste trabalho. Entretanto, caso esta obra aqui depositada seja protegida por direitos autorais externos a esta instituição, contamos com a compreensão do autor e solicitamos que o mesmo faça contato através do Fale Conosco para que possamos tomar as providências cabíveis.por
dc.subject.areaEducaçãopor
dc.subject.bibliodataEnsino de primeiro grau - Itajubá (MG)por
dc.titleOs mecanismos de transmissão cultural na escola primária: um estudo de casopor
dc.typeDissertationeng
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
000000733.pdf
Tamanho:
33.08 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
PDF
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
4.6 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: