Relação entre as defasagens dos preços do diesel e da gasolina e o impacto nas ações da Petrobras

Data
2021-10-28
Orientador(res)
Ribeiro, Eduardo Pontual
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

O presente estudo teve como objetivo principal investigar se as defasagens diárias entre os preços nacionais e americanos para a gasolina A e o diesel impactaram os retornos diários das ações da Petrobras de janeiro de 2007 a dezembro de 2019, por meio da interpretação dos coeficientes da regressão de um modelo multifatorial. Os mesmos modelos foram estimados alterando apenas as janelas temporais para analisar os efeitos de três eventos: divulgação e alterações da política de precificação do diesel e gasolina (out/16 e jul/17) e a greve dos caminhoneiros (mai/18). Os resultados indicaram que existe uma relação direta entre a tendência de um “não alinhamento” de preços do diesel e os retornos das ações PETR4 em parte dos modelos estimados para a base completa e todos os modelos considerando a base de dados a partir de outubro de 2016 e a partir de julho de 2017. A interação entre a defasagem diária do diesel com o retorno de mercado no período completo dos dados se mostrou significativa em que o beta de PETR4 apresentou uma relação positiva com a defasagem do diesel.


Descrição