Inducing long-term changes in behavior through increased self-determination

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2019-12-16
Orientador(res)
Andrade, Eduardo Bittencourt
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Diversos estudos documentaram como o uso de incentivos é capaz de influenciar o comportamento humano e encorajar o alcance de metas. Contudo, argumenta-se que esses efeitos durem apenas enquanto a oferta de incentivos estiver em vigor; após esse período, os indivíduos costumam retornar ao comportamento que lhes era habitual antes das recompensas. O presente estudo investiga até que ponto um aumento na percepção de autodeterminação – especificamente, do senso de competência e autonomia – dos participantes de uma intervenção que ofereça incentivos consegue fazer com que esta produza resultados duradouros ao promover uma mudança comportamental de longo prazo, isto é, que perdure após o fim da oferta de recompensas. Essa hipótese é aqui testada através de um experimento de campo: um programa de 6 semanas que incentivou indivíduos com sobrepeso ou obesos a mudar seus hábitos alimentares e, consequentemente, emagrecer. Como recompensa, esses indivíduos participariam do sorteio de um vale-viagem de R$1.000,00. Durante o programa, cerca de metade dos participantes foi influenciada a atribuir seu sucesso à recompensa oferecida, enquanto a outra metade foi influenciada a atribuí-lo à sua autodeterminação. Ao final, a perda de peso resultante foi calculada para ambos os grupos. Seis semanas após o término do programa, os participantes tiveram seu peso medido mais uma vez, de forma a verificar se a manutenção da perda de peso variou de acordo com a manipulação a que foram expostos. Os resultados não mostraram nenhuma diferença significante entre os grupos. Limitações e futuros caminhos para pesquisa são discutidos.


Descrição
Área do Conhecimento