Metodologias híbridas de gestão de projetos aplicadas à indústria do petróleo: alavancas de valor no desenvolvimento da produção

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2021-04-28
Orientador(res)
Costa, Ricardo Sarmento
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Projetos de desenvolvimento da produção na Petrobras, caracterizados pela alta intensidade de capital e risco, adotam o PRODEP, metodologia própria de gerenciamento de projetos adaptada do processo FEL que se caracteriza pela elevada rigidez e capacidade seletiva, buscando maximizar o retorno sobre investimentos. Não é esperado que metodologias ágeis tenham plena aplicação neste contexto, porém cabe uma avaliação criteriosa da incorporação de elementos individualizados desta abordagem, que uma vez combinados com uma metodologia tradicional de gerenciamento de projetos caracterizaria o que a literatura denomina como metodologia híbrida. O presente estudo buscou responder ao seguinte problema de pesquisa: Como uma abordagem híbrida de gerenciamento de projetos podem beneficiar projetos de desenvolvimento da produção? Para responder a essa pergunta, foi realizado um estudo de caso na companhia, baseado em entrevistas semiestruturadas com gerentes de projeto, buscando avaliar aspectos/práticas de metodologias híbridas com potencial aplicação e geração de valor na gestão de projetos de desenvolvimento da produção. Considerando a escassa literatura sobre metodologias híbridas na indústria de óleo e gás, a contribuição deste trabalho reside em um modelo de gerenciamento de projetos, aplicável a projetos de grande porte, com alavancas de valor baseadas em um modelo híbrido de projeto em fases. Como resultados, foram identificadas alavancas de valor na incorporação de práticas relacionadas a processos de seleção e aprovação de projetos mais adaptáveis ao nível de investimento e risco dos projetos, requisitos de aprovação padronizados por tipo de projeto, escopo com flexibilidades estratégicas, planejamento financeiro que considera tais flexibilidades e aumento da maturidade do projeto, bem como processos iterativas de verificação da qualidade. Tais aspectos poderiam ser incorporados à metodologia de gestão de projetos de desenvolvimento da produção, trazendo mais valor à companhia.


Descrição