Gestão de recursos humanos: uma vantagem competitiva

Data
2018-11-27
Orientador(res)
Barbosa, Luiz Gustavo Medeiros
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Objetivo – Este trabalho pretende servir como contribuição ao conhecimento sobre como a Gestão de Recursos Humanos pode gerar uma vantagem competitiva para as organizações. Metodologia – Esta é uma pesquisa quantitativa que utilizou a análise estatística, correlação simples, dos índices de felicidade no trabalho (IFT), bem como dos subitens que os compõem, índice de qualidade na Gestão de Pessoal (IQGP) e índice de qualidade do ambiente de trabalho (IQAT) com o lucro líquido / Ebitda / crescimento em vendas (%) das melhores e maiores empresas do Brasil. Resultados – O resultado da pesquisa apresentou uma correlação fraca entre os índices IFT/IQGP/IQAT com o lucro líquido/Ebitda e crescimento em vendas. Todavia, identificou-se que a comunicação interna e a participação / autonomia dos empregados são as práticas da Gestão de Recursos Humanos que demonstram algum impacto sobre o crescimento em vendas. Limitações - Neste estudo limitou-se o campo de pesquisa às empresas privadas que operam no Brasil e fizeram parte das revistas Exame Maiores e Melhores e VOCÊ S/A 150 Melhores empresas para se trabalhar. Outra limitação foi a série histórica analisada de 2013 a 2016. Aplicabilidade do trabalho – Para as organizações, uma vez que os resultados apresentados podem ser utilizados no sentido de desenvolver iniciativas com o objetivo de melhorar suas vendas. Para as pessoas, pois demonstra a importância delas na geração de valor nas empresas; e para a academia, possibilitando o desenvolvimento de estudos futuros sobre este tema. Contribuição para a sociedade – Demonstrar para a sociedade que as pessoas são o coração das Empresas, ou seja, não existem empresas se as pessoas não fizerem parte delas. Sendo assim o presente estudo contribui para um melhor entendimento desta dinâmica. Originalidade – Através deste estudo pretende-se contribuir na identificação de uma forma de se medir a relação entre a Gestão de Recursos Humanos e os resultados operacionais/financeiros (lucro líquido / Ebitda / Crescimento em vendas) das organizações.


Descrição
Área do Conhecimento