Impacto da atuação do BNDES nos investimentos reais de companhias abertas durante a crise de 2008

Data
2017-01-19
Orientador(res)
Sheng, Hsia Hua
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo

Este trabalho utiliza o contexto de incertezas da crise de crédito de 2008 para avaliar como o crédito direto do governo ajuda a mitigar os efeitos da restrição financeira. Usando uma amostra de companhias brasileiras abertas em 2008, evidenciamos que a atuação do BNDES minimiza o efeito negativo da estrutura de maturidade de dívida nos investimentos. Para isso, foi utilizado o método tradicional das diferenças-em-diferenças, e os resultados indicam que firmas com grande quantidade de dívida a vencer com acesso ao BNDES no pós-crise não reduziram investimentos. Firmas que receberam o benefício antes da crise e no pós-crise aumentaram seus investimentos em 3,5 pontos percentuais, em comparação a firmas com semelhante quantidade de dívida a vencer no mesmo período, porém que não receberam crédito direto via BNDES.


Descrição
Área do Conhecimento